Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 20 de Novembro de 2017 | 06:34
27˚
(67) 3042-4141
CapitalTV
Domingo, 15 de Outubro de 2017, 11h:53
Tamanho do texto A - A+

Rubens Ricupero esteve no centro do Roda Viva para falar da diplomacia na construção do país

Ex-ministro da Fazenda, embaixador e professor de Relações Internacionais foi questionado sobre o atual momento político e econômico do Brasil e seu mais recente livro

Flávio Brito
Capital News

 

O Roda Viva recebeu na segunda-feira (6), o Roda Viva recebe em seu centro Rubens Ricupero, embaixador, ex-ministro da Fazenda e professor de Relações Internacionais da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). Na entrevista, ele abordou o atual momento político e econômico do Brasil e seu mais recente livro.

Rubens Ricupero esteve presente em grandes momentos da diplomacia e da política brasileira. Ainda muito jovem, em 1962, era o terceiro secretário do Itamaraty e o único em Brasília para receber Robert Kennedy antes de uma tensa conversa com o então presidente do Brasil, João Goulart. Além disso, foi ministro da Fazenda durante o processo de implementação do Plano Real, em 1994. Toda sua experiência está retratada no livro “A diplomacia na construção do Brasil – 1750-2016”, lançado no dia 3 de outubro de 2017.

Na obra, a principal tese do autor é a de que, acima do poder político, militar e econômico, foi a diplomacia que contribuiu para “dar forma e identidade ao País” e permitiu que o Brasil mantivesse suas fronteiras. É a partir deste olhar que ele traz como exemplo diversos episódios históricos das relações internacionais brasileiras, em um trabalho que promove o encontro da história da diplomacia nacional com questões políticas e sociais.

Participam da bancada de entrevistadores Adriana Ferraz, repórter de política do jornal O Estado de S. Paulo; Flávio Freire, coordenador de nacional e política da sucursal do jornal O Globo, em São Paulo; Patrícia Campos Mello, repórter especial do jornal Folha de S. Paulo e colunista da Folha.com; Duda Teixeira, editor de internacional da revista Veja; e Monica Gugliano, colaboradora do jornal Valor Econômico.

1 COMENTÁRIO:

Otima entrevista. Faz falta na tv pessoas inteligentes e formadora de opinião em alto nivel. A tv tem se transformado numa maquina de fazer burros.e quanto se tem uma oportunidade rara dessas devemos aproveitar para resgatar o passado e projetar o futuro.
enviado por: Carlos em 16/10/2017 às 00:44:36
2
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix