Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 26 de Agosto de 2018, 12h:49
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

5 dicas de como vestir as crianças no inverno sem erro

Por Pérola Cattini

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

À medida em que as temperaturas e a umidade caem, também aumenta o risco de doenças relacionadas ao frio.

Istock Photos

ColunaBem-Estar

O inverno traz consigo a beleza dos ipês carregados de flores coloridas e das folhas secas espalhadas pelo chão. Para as crianças, é época de voltar às aulas com as baterias recarregadas após o período de férias, cheias de novidades e energia.


Porém, enquanto as crianças brincam despreocupadas, os pais precisam ficar atentos aos perigos que a estação dos ventos frios reserva à saúde dos pequenos. À medida em que as temperaturas e a umidade caem, também aumenta o risco de doenças relacionadas ao frio.


Muitos têm dúvidas sobre qual é a maneira adequada de vestir as crianças durante o frio e acabam exagerando nas camadas com medo de errar. Então, aqui estão algumas dicas simples para que os pais garantam uma temporada de inverno saudável para os seus pequeninos, dentro e fora de casa.


Mas, antes, é preciso entender que cada criança tem um tipo de corpo diferente da outra, sendo que algumas tendem a ter o corpo naturalmente mais quente. Por isso, antes de enterrar o seu pequeno em roupas de inverno, por favor, entenda qual é seu tipo de corpo e prossiga.


1. Garanta que seus filhos estejam usando roupas feitas de materiais quentes, mas certifique-se de que a criança não esteja “derretendo”. O lema é: nem muito quente e nem muito frio.


2. Meça o frio das crianças pelo seu próprio (mas tenha bom senso em assumir se você for uma pessoa exageradamente friorenta). A regra geral é que os pequenos vistam uma camada de roupa a mais que os adultos. Novamente, isto vai variar dependendo da criança, do adulto e do clima em um dia específico.


3. Junto à pele, vista uma camada de algodão, e sobre ela, uma malha de lã, jaqueta ou casaco. Certifique-se que a última camada tenha fechamento a zíper para que seja retirada com facilidade. Calce um par de meias confortáveis e, sobre elas, tênis infantil masculino ou feminino, o que previne o suor excessivo e mantém os pés secos. Para os dias mais frios, não esqueça das luvas.


4. Um acessório ajustado à cabeça (gorro, chapéu, boné com pele nas orelhas) é preferível ao capuz dos casacos. Isso porque ele protege melhor a cabeça e as orelhas e é mais confortável.


5. Na hora de dormir, mantenha o quarto aquecido ao invés de encher a criança de roupas. Um pijama quentinho de flanela é a melhor escolha – em regiões mais geladas, adicione uma ceroula de algodão por baixo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix