Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Março de 2017 | 02:44
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Terça-Feira, 14 de Fevereiro de 2017, 18h:19
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

5 suplementos benéficos para a terceira idade

Da coluna Bem-Estar

Por Pérola Cattini
Artigo de responsabilidade do autor

Istock Photos

Coluna Bem-Estar

..

O cultivo de hábitos mais saudáveis junto com os avanços da medicina colabora para que as pessoas vivam mais atualmente. Por isso, não são raros os casos de pessoas idosas que continuam realizando atividades físicas, mantendo o corpo e a mente ativos mesmo com o avanço da idade.

Contudo, ao chegar na terceira idade, o corpo humano passa por alterações físicas e biológicas. O metabolismo passa a trabalhar de forma mais vagarosa do que quando se era jovem e as consequências para a saúde podem ser muitas. O acúmulo de gordura corporal e a redução do tecido muscular são os principais exemplos disso.

Realizar uma suplementação com a intenção de substituir as perdas ocasionadas pela idade passa a ser extremamente necessário. Hoje, existem diversos produtos que colaboram com a nutrição de idosos. Suplementos especialmente desenvolvidos para pessoas que estão na melhor idade e que desejam manter o corpo em atividade ou evitar possíveis doenças.

O que não pode faltar na suplementação da terceira idade?
Para substituir as eventuais perdas de nutrientes e dentre outras substâncias, os idosos precisam consumir determinados suplementos. E eles podem ser incorporados na alimentação de forma muito simples:

 

●    Creatina: o corpo perde força muscular com o avanço da idade, pois ele não consegue produzir a creatina em quantidade suficiente para conseguir sustentar o esqueleto. Por isso, esse suplemento é bastante recomendado para idosos, pois ajuda a preencher a falta desse aminoácido. Ele é indicado para todos: aqueles que praticam atividades física e os que não fazem nenhum tipo de exercício.
●    Cálcio: a idade avançada traz o desgaste ósseo e, como consequência, a osteoporose. Consumir suplementos que possuem cálcio é uma das formas de prevenir esse tipo de doença. Esse mineral também tem uma importante função na saúde do coração e do cérebro.
●    Vitaminas: todos os tipos de vitaminas são importantes na terceira idade. Mas as Vitaminas D e do Complexo B merecem uma atenção especial. A primeira ajuda o corpo a absorver minerais, como o cálcio, enquanto a segunda auxilia o metabolismo a processar carboidratos e proteínas; reforçando o sistema imunológico e contribuindo com a saúde do cérebro.
●    Proteínas: com o metabolismo enfraquecido pela idade, o corpo produz uma quantidade menor de proteínas. Por isso, os idosos necessitam de uma suplementação rica nessa substância para poder manter os níveis satisfatórios no organismo.
●    Zinco: na melhor idade, esse mineral atua de diversas formas no corpo. É um excelente reforço para a imunidade e colabora com a absorção das proteínas que são ingeridas. Possui, também, efeito antioxidante, retardando o envelhecimento das células.

 

Realizar uma boa alimentação e não deixar o corpo parado
É importante salientar que os suplementos são apenas um complemento. Os idosos precisam ter uma alimentação saudável com uma dieta equilibrada para ter uma saúde melhor nessa fase da vida. É importante que eles consumam carboidratos, frutas, proteínas e vegetais na quantidade certa. Tudo isso ajuda a fazer o metabolismo trabalhar e mantém a pessoa com energia.

A segunda recomendação é a realização de atividades físicas. Manter o corpo ativo é importante para evitar determinados tipos de doenças que possam surgir com a idade.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix