Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 05 de Junho de 2019, 12h:32
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Conheça os seis distúrbios do sono mais comuns

Por Pérola Cattini

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

Insônia, apneia do sono e bruxismo são alguns dos mais frequentes

Divulgação

ColunaBem-Estar

O sono é um dos mecanismos mais intrigantes e estudados pela ciência. Dormir é uma tarefa aparentemente simples, mas, na verdade, é uma das mais complexas atividades realizadas pelo organismo. Alguns dormem com muita facilidade; outros têm dificuldade para cair no sono por diversos motivos, como um travesseiro baixo ou alto demais, um colchão duro ou barulhos externos. Abaixo, confira seis dos distúrbios do sono mais comuns de acordo com o Instituto do Sono, referência em pesquisa nessa área.

1. Insônia
Pessoas com insônia possuem dificuldade para dormir ou para manter um sono estável durante toda a noite. Elas acordam com frequência e apresentam dificuldade para voltar a dormir novamente. O resultado é um extremo cansaço no dia seguinte. Em longo prazo, a insônia também pode causar irritação, dificuldade para se concentrar ou de memória, sintomas de depressão, entre outras.

2. Apneia do sono
Na apneia do sono, a pessoa tem dificuldade para respirar enquanto está dormindo. Na maior parte dos casos, o corpo percebe o problema e acorda. A consequência é uma noite muito mal dormida. A apneia obstrutiva do sono (AOS) é a mais comum e se caracteriza por pausas respiratórias que duram mais de 10 segundos. Um dos sintomas mais comuns é o histórico de ronco alto.

3. Narcolepsia
Pessoas que sofrem desse distúrbio podem simplesmente cair no sono durante o dia. O distúrbio é causado pela falta de hipocretina, uma substância produzida no cérebro responsável por outras substâncias que fazem o estado de alerta funcionar. A prevalência é de um caso da doença em cada 2.000 pessoas, mas ainda não há estudos com a prevalência nacional.

4. Bruxismo
O bruxismo é um distúrbio caracterizado pelo excessivo ranger ou apertar dos dentes enquanto se dorme. Normalmente, o distúrbio é detectado pelo dentista, e sua causa ainda não foi esclarecida completamente. As possíveis consequências são dores na face e de cabeça, além de desgaste dos dentes e machucados na gengiva.

5. Sonambulismo
Embora também possa ocorrer com os adultos, os casos mais comuns são em crianças. Elas falam enquanto dormem e podem chegar a andar pelo quarto ou por outros ambientes. Em alguns casos, são necessárias medidas de segurança para que não ocorra nenhum acidente com quem sofre desse distúrbio. Portanto, não exite em acordar um sonâmbulo -- ao contrário do que diz a sabedoria popular, isso não causa nenhum dano e pode ser necessário.

6. Síndrome das pernas inquietas
De acordo com o Instituto do Sono, o distúrbio se caracteriza pela irresistível necessidade de movimentar as pernas, que alivia uma sensação extremamente desagradável nos membros inferiores. Tais sintomas ocorrem à noite, antes de dormir, o que muitas vezes impede o início do sono, levando à insônia. O tratamento normalmente é feito a base de remédios.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix