Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Novembro de 2017 | 13:14
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 23 de Abril de 2017, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Trocar o colchão no momento certo é essencial para garantir uma melhor qualidade do sono

Da coluna Bem-Estar

Por Pérola Cattini
Artigo de responsabilidade do autor

Istock Photos

ColunaBem-Estar

Saber o momento certo de trocar o seu colchão pode ser a solução para ter uma melhor qualidade de sono

A qualidade do sono é fundamental para manter as energias ao longo do tempo. Conseguir dormir confortavelmente, sem incômodo de luzes fortes, barulho e dores ajuda a sustentar a produtividade no trabalho e o bom humor na vida pessoal. Vários fatores, como problemas de postura e doenças, podem influenciar a qualidade do sono. Porém, um fator muito importante e por vezes negligenciado é o colchão.

Escolher o colchão certo não é apenas uma questão de estética, preço ou adequação ao tamanho da cama. O modelo e o material escolhidos influenciam fortemente como você passa suas oito horas diárias de sono e, acima de tudo, como você pode acordar na manhã seguinte. Colchões velhos e desgastados podem prejudicar não só qualidade do sono, mas também a sua saúde.

Trocar de colchão com alguma frequência é fundamental para evitar acordar cansado todos os dias. Basta que você entenda quais são os principais critérios que determinam a hora certa de fazer essa troca. Dependendo do seu caso, elas podem ser mais ou menos frequentes.

Verifique a tabela de pesos e alturas
Antes mesmo de pensar em trocar, você precisa primeiro escolher qual colchão vai comprar. Esse é um ponto importante, pois existem vários tipos de colchão, sendo cada um mais adequado para o tipo físico de cada pessoa. Escolher o correto já é o primeiro passo para uma boa noite de descanso.

Para encontrar o tipo certo, você deve verificar a tabela de pesos e alturas que vem junto com o colchão, da marca Ortobom, por exemplo. Cada um possui diferentes componentes materiais que conferem mais ou menos densidade, o que afeta o quanto ele irá afundar enquanto você estiver deitado.

Um colchão ideal para o seu peso é aquele que faz com que sua coluna continue reta, mesmo deitando de lado. Por isso, existem diferentes densidades para cada peso e altura.

Cuidado com danos ao colchão
O desgaste é o principal motivo para os problemas durante o sono. É normal que o colchão comece a apresentar relevos que se encaixem no seu corpo. Faz parte da expectativa de vida útil do produto. É um efeito comum em qualquer objeto macio tornar-se mais denso com a pressão. Porém, ele nunca fica perfeitamente sólido.

Esse buraco também continua afundando, o que vai começar a entortar a sua coluna. Se você perceber que não está conseguindo manter sua coluna reta durante o sono, é hora de trocar de colchão.

Para casais, esse é um ponto ainda mais sensível. A tendência é que ambos fiquem mais próximos do centro a maior parte da noite, o que aumenta o desequilíbrio do colchão. Além de considerar que o produto deve ser adequado para suportar a pressão de pelo menos dois corpos, ainda é necessário que ele seja adequado para o porte físico de ambos.

Limpeza é fundamental
A manutenção do colchão é outro aspecto bem relevante. Suor, poeira, dentre outras coisas, podem prejudicar a qualidade do seu sono, pois dificultam a respiração e deixam as cobertas muito úmidas. Além disso, colchões de mola tendem a fazer ruídos de acordo com a quantidade de sujeira e/ou ferrugem acumulada.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix