Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018, 09h:13
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

5 dicas para não sofrer ao reformar a casa sem sair do imóvel

Por Letícia Emori

Da coluna Casa e Decoração
Artigo de responsabilidade do autor

Istock Photos

ColunaCasaEDecoração

Saiba como reformar a casa sem traumas a partir de dicas simples de planejamento e organização do ambiente

A reforma é um momento de muito trabalho e alguns incômodos para toda a família. Entulho, poeira, lixo e bagunça generalizada é um dos cenários mais comuns, principalmente, se você não pode sair de casa enquanto precisa reformar um ou mais cômodos. Saiba como reformar a casa sem traumas a partir de dicas simples de planejamento e organização do ambiente.

#1 Planeje a reforma corretamente
O hábito de planejar está presente em diferentes atividades do cotidiano. De ir ao mercado com uma lista até escolher por qual dos cômodos a reforma deve começar, o planejamento é o primeiro passo para uma mudança bem-sucedida. Dessa forma, se você não pode sair de casa enquanto a reforma acontece, organize um cronograma conforme sua rotina, respeitando uma ordem de prioridade que faça sentido para você.

#2 Comece por ambientes menos usados
Entre as principais dicas para não sofrer ao reformar a casa sem sair do imóvel é considerar por onde começar. Se você possui um quarto a mais ou um escritório, por exemplo, reforme-o primeiro. Depois de pronto, passe as coisas de outro quarto/ambiente para dentro deste, possibilitando a continuidade da reforma.

#3 Reforme ambientes por partes
Para ambientes de uso rotineiro, como cozinha, banheiro e sala, a dica é desenvolver a reforma por partes. Assim, é possível permitir que, mesmo durante a reforma, o ambiente fique liberado para uso. Mas um ponto de atenção é a sujeira da reforma. Evitar transitar pelo espaço sem necessidade, por exemplo, evita que poeira e outros resíduos se espalhem por toda a casa. Outra dica importante é manter as portas do ambiente em reforma fechadas, com um pano úmido em suas frestas.

#4 Mantenha os móveis guardados e protegidos
Além de fazer bastante sujeira, uma reforma também prejudica a beleza e a integridade de móveis e outros acessórios de uso doméstico. Para evitar que seus móveis sejam danificados, contratar um self storage para armazenar os móveis e demais objetos do ambiente em reforma é a melhor opção. Ao alugar um box para guardar seus bens, eles ficarão protegidos durante todo o período necessário para a conclusão da obra.

#5 Acerte todos os pontos com um profissional de sua confiança
Lembra-se daquele ditado que diz: “O combinado não sai caro”? Pois é, nenhum momento é tão cheio de estresse do que uma reforma residencial, justamente porque interfere na qualidade da sua rotina. Dessa forma, ajustar todos os pontos de exigência, preços e prazos com o profissional ou empreiteira responsável pela obra é essencial para obter um resultado satisfatório e sem “dor de cabeça”.

É importante destacar, por fim, que imprevistos acontecem e você precisa estar preparado para, se necessário, mudar uma ideia ou outra na reforma. Contudo, seguindo essas dicas, você certamente não irá sofrer com sua próxima reforma residencial.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix