Campo Grande/MS, Domingo, 20 de Agosto de 2017 | 18:58
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 04 de Junho de 2017, 12h:28
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Por que investir em ar-condicionado no inverno?

Da coluna Casa e Decoração

Por Letícia Emori
Artigo de responsabilidade do autor

Quem decide substituir o aquecedor convencional por um aparelho de ar-condicionado tem muito mais segurança e praticidade

Istock Photos

ColunaCasaEDecoração

As baixas temperaturas do inverno ajudam também a diminuir os valores de aparelhos de ar condicionado, tornando este o melhor momento para compra.

Ao contrário do que muitos pensam, o ar-condicionado, como o próprio nome sugere, atua no condicionamento do ar, ou seja, ele adapta as condições climáticas de um ambiente, seja refrigerando ou aquecendo. Por isso, trata-se de uma boa ferramenta para substituir aquecedores convencionais durante o período de inverno.

Por que substituir um aquecedor convencional pelo ar-condicionado
Segurança e praticidade são as principais vantagens para quem decide substituir o aquecedor convencional por um aparelho de ar-condicionado. Isso porque equipamentos como os aquecedores a óleo, as lareiras e as salamandras podem ser perigosos, além de possuírem uma difícil manutenção e instalação.


Outro ponto positivo está na versatilidade e economia. Afinal, ter em casa um único equipamento com capacidade para aquecer e refrigerar o ambiente é muito mais econômico, pois a mesma ferramenta será utilizada durante todas as épocas do ano.


Diferentemente dos aquecedores tradicionais, que aquecem somente as proximidades de onde estão instalados, o ar-condicionado proporciona uma distribuição do calor de forma agradável e constante – além de diminuir a intensidade de funcionamento assim que a temperatura ideal é atingida, garantindo economia na conta de luz.

Um aliado para a sua saúde
Alguns cuidados com a saúde devem ser redobrados durante o inverno para a prevenção de problemas respiratórios, comuns nessa época. Ambientes fechados e com uma grande aglomeração de pessoas são propícios para a transmissão de vírus e doenças. O ar-condicionado, portanto, é de grande ajuda para a circulação e renovação do ar, além de evitar o surgimento de crises alérgicas e o acúmulo de ácaros e fungos no cômodo.

Inverno: a melhor época para comprar e instalar o equipamento
A alta demanda por refrigeradores de ar no verão deixa o preço para a compra e para a instalação desse tipo de máquina extremamente elevado. Por isso, épocas de baixas temperaturas tendem a ser as melhores para quem deseja aproveitar as vantagens de um ar-condicionado quente e frio durante o inverno e contar com o equipamento pronto para uso quando o clima voltar a esquentar.

Como escolher o ar-condicionado ideal
Adquirir o equipamento que deixará o ambiente agradável e confortável durante todas as épocas do ano requer uma atenção especial na hora de definir qual será a capacidade do aparelho, pois um ar-condicionado com potência inferior à necessária certamente não terá o desempenho ideal para a sua casa. Por meio de um cálculo básico é possível saber a potência adequada.

Como descobrir a potência
A primeira coisa que você precisa saber é que a medida desse equipamento é feita em BTU (British Thermal Unit), uma unidade de medida britânica. Para descobrir, basta considerar que para cada metro quadrado do cômodo onde será instalado o aparelho são necessários 600 BTUs, e que para cada pessoa no espaço deve-se somar 600 BTUs. Nesse conceito, para um quarto com 18 m² e duas pessoas, por exemplo, um ar-condicionado 12.000 BTUs é a opção ideal que garantirá o melhor desempenho em climatização.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix