Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 15 de Abril de 2018, 11h:13
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Seu lar decorado no estilo industrial em cinco passos

Por Letícia Emori

Da coluna Casa e Decoração
Artigo de responsabilidade do autor

Tendência mistura elementos antigos e rústicos a conceitos modernos de design

Divulgação

ColunaCasaEDecoração

No final do século XX, nova iorquinos transformavam ambientes industriais em verdadeiros lugares para se morar. Por causa dessa característica, a decoração era formada por tons escuros, tijolos aparentes e elementos rústicos e urbanos. Nascia, então, o estilo industrial. Depois, o design se apropriou desse conceito para decorar casas e apartamentos, e a tendência passou a misturar elementos antigos e rústicos a conceitos modernos. Se você deseja que seu lar tenha esse estilo, confira cinco características presentes da decoração.
 
1 – Minimalismo
O estilo industrial é predominantemente minimalista. Por este motivo, excesso de móveis não fazem parte do pacote. A dica é avaliar quais móveis você realmente usa e deixar o espaço mais livre e clean. Para otimizar o espaço, por exemplo, uma sugestão é acoplar a TV na parede. Ventilador de parede também dá um ar rústico-industrial e deixa o espaço livre.

2 – Grandes espaços
Como já foi dito, tudo começou com a adaptação de galpões industriais. Por isso, uma das características principais são os espaços amplos, interligados, sem muitas paredes de isolamento entre os cômodos. Dessa forma, a casa ou apartamento fica confortável e aconchegante para as visitas e também se torna um ambiente funcional.

3 – Estruturas aparentes
Para dar um ar mais rústico e antigo ao local, é comum ver vigas, encanamentos e tijolos aparentes. A decoração é feita de uma forma harmônica, e essas estruturas visíveis não comprometem a beleza do lugar. Pelo contrário: o deixa mais charmoso e em consonância com o estilo industrial.

4 – Cores
É verdade que o estilo industrial foi sempre visto como um ambiente mais rústico e sisudo, com cores mais escuras, se aproximando do preto, cinza e do metal. Apesar disso, uma nova tendência surgiu com o passar dos anos: o estilo industrial chique. Ele une elementos industriais com uma decoração mais moderna, com uma estética mais suave e delicada. Os ambientes passaram, portanto, a ter o contraste de cores mais escuras e claras.

 

Nesse contexto, está a paleta de cores na escala de preto e branco (com os cinzas e chumbos); as cores que dão mais calor ao ambiente podem vir do marrom das madeiras dos móveis e do verde das plantas; e uma tendência nova é a cor berinjela (ultra violet, eleita a cor de 2018 pela Pantone).

5 – Portas e janelas grandes
Por fim, temos as portas e janelas mais largas de vidro e de ferro, que exploram a iluminação natural do ambiente. Esses itens também fazem parte dos ambientes industriais nos quais o estilo foi inspirado e posteriormente utilizado como técnica de design em casas e apartamentos.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix