Campo Grande/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 10 de Julho de 2019, 17h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Três dicas para montar uma parede “verde” em um apartamento

Por Letícia Emori

Da coluna Casa e Decoração
Artigo de responsabilidade do autor

Escolher o que plantar, dar atenção à irrigação e usar a criatividade são alguns dos pontos-chave

Divulgação

ColunaCasaEDecoração

Os jardins verticais são ideais para apartamentos menores. Eles proporcionam conforto, colaboram para a redução de ruído, além de ajudarem na diminuição de emissão de carbono e controlarem a temperatura. Ter uma parede verde no apartamento, portanto, vai muito além da estética. Elas também são práticas e podem ser compostas de diversas espécies. Ao contrário do que se possa pensar, montar um jardim vertical não é complicado e demanda poucos materiais, além de algumas ferramentas.

Abaixo, confira três dicas para nortear a criação da sua parede verde:

1 - Escolha bem o que plantar
Apesar de o jardim vertical poder receber uma grande quantidade de espécies, alguns cuidados precisam ser tomados para uma boa escolha. As ideais são aquelas de pequeno porte, já que o peso das plantas não pode ultrapassar o peso e o tamanho da base. As espécies com raízes superficiais são as mais indicadas, devido ao espaço limitado. Se a base for fixa, como aquelas formadas por blocos de concreto, é possível escolher plantas um pouco maiores.

Para controlar melhor o jardim, a sugestão é preferir plantas que tenham um crescimento mais lento. A organização, nesse sentido, é fundamental, porque deve levar em consideração o crescimento das espécies, para que nenhuma fique sem receber luz solar. Minicamélias e minipitangas, barba-de-serpente, clorofito, colar-de-pérolas e agapantos são algumas plantas que podem ser utilizadas no local, de acordo com o ambiente e o tamanho da parede verde. As possibilidades são múltiplas e variadas.

2 - Atenção com a rega
A rega de um jardim vertical deve ser feita com muito cuidado. A irrigação deve ocorrer todos os dias e com pouca água. No caso de paredes grandes, o ideal é fazer a instalação de um sistema automático de irrigação. Nesse caso, pode ser que você precise de profissionais especializados para fazer um planejamento. Em casos menos complexos e em jardins verticais menores, é possível colocar a mão na massa e fazer o próprio sistema de irrigação.

Uma forma de colocar isso em prática é implantar um modelo de irrigação na própria estrutura. Esse efeito é possível ao colocar vasos com furos na base. Dessa forma, a água que estiver nos vasos superiores do jardim vertical cairá nos vasos colocados na parte inferior da parede, sem gerar acúmulo de umidade e sem ter um grande fluxo de água.

3 - Use a criatividade
É fato: um jardim vertical útil é aquele esteticamente bonito e funcional. Há diversas formas de fazer uma parede verde no apartamento: algumas são mais complexas e vão precisar de profissionais especializados e ferramentas para a montagem, enquanto em outros casos será necessário apenas um pequeno nível de habilidade manual. De espécies a estruturas, existem opções práticas ou mais elaboradas.

A estrutura do jardim, por exemplo, pode ser montada com madeira de pallets, prateleiras, tubos de PVC e até mesmo garrafas pet, caso o objetivo seja economizar ao máximo. Nessa última situação, não será necessário nem mesmo vasos, já que as plantas podem ser plantadas diretamente nas garrafas. As combinações e opções são praticamente inesgotáveis. Portanto, exercite a criatividade.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix