Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Segunda-Feira, 29 de Outubro de 2018, 08h:32
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Com mudança, início do horário de verão será no dia do 27º exame da OAB

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Prova da primeira fase será aplicada no dia 18 de novembro; data anterior era 4 de novembro

Istock Photos

ColunaEducaçãoECarreira

O presidente Michel Temer decidiu adiar a data de início do horário de verão brasileiro para 18 de novembro, ao contrário do dia 4 do mesmo mês, como previsto anteriormente. É o segundo adiamento autorizado pelo governo, já que, no final do ano passado, o governo federal decretou a mudança dos relógios de outubro para novembro por causa das eleições.

A decisão foi tomada depois que o Ministério da Educação (MEC) argumentou que irá organizar a primeira fase do Enem justamente no final de semana do dia 4 de novembro -- a segunda prova acontecerá no dia 11. No entanto, os candidatos do 27º exame da OAB foram prejudicados, que acontecerá no dia 18. A data final para o horário de verão foi mantida para o terceiro domingo de fevereiro de 2019.

Segundo o advogado Maurício Gieseler, que mantém um blog especializado na prova, é comum que mudanças nos horários confundam os candidatos. "Não é a primeira vez que isso acontece e, da última vez, muita gente teve problemas", diz.

A OAB já afirmou que não pretende mudar o seu cronograma por causa do horário de verão. A entidade avisou que vai publicar um comunicado para que os candidatos fiquem atentos às mudanças nos relógios de cada estado do país. "Trocar a data custa caro para a OAB e para a Fundação Getúlio Vargas [FGV, que organiza a prova]. Eles não vão assumir este custo", afirma Gieseler.

Nas redes sociais, o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, comemorou a mudança. “Candidatos terão mais tranquilidade para fazer as provas! Caso o horário de verão se iniciasse no primeiro dia de provas do Enem, como estava previsto, muito provavelmente acarretaria prejuízos aos participantes."

No início do horário de verão, os relógios devem ser adiantados em uma hora. O horário é adotado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal.

Normalmente, a mudança de horário ocorre em outubro, mas no final do ano passado, o presidente Michel Temer assinou decreto adiando o início para novembro. Também houve uma discussão em torno da mudança de datas em decorrência do período eleitoral – o segundo turno será no dia 28.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix