Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 18 de Outubro de 2018 | 18:36
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 12 de Agosto de 2018, 12h:48
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Concurso do MPU vai chamar 9 mil candidatos para cadastro de reserva

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Órgão não contrata desde 2013 -- desde então, 4 mil pessoas foram chamadas

Istock Photos

ColunaEducaçãoECarreira

O Ministério Público da União (MPU) anunciou no final de julho que vai classificar 9.150 candidatos para um cadastro de reserva no concurso que deverá acontecer no segundo semestre. O órgão também avisou que está aberto para receber propostas de bancas organizadoras do exame. Segundo o jornal Folha Dirigida, o Cebraspe e a Fundação Carlos Chagas já enviaram seus projetos.

O concurso MPU, no entanto, ainda não foi aprovado. Em julho, o Tribunal de Contas da União recusou o pedido do órgão judicial para que as taxas de inscrição fossem custeadas pelo Estado. A assessoria de imprensa da Procuradoria Geral da República (PGR) avisou que o esforço é que o exame saia ainda neste ano.

"No momento, não há conformação de realização do concurso neste ano, mas reforçamos que o MPU continua empreendendo esforços para conformar um novo certame", disse a pasta em nota.

De acordo com a Folha Dirigida, o exame pretende preencher apenas um cadastro de reserva para 5.150 técnicos de administração e 4 mil analistas de direito. O Ministério Público da União, porém, pretende abrir vagas imediatas para cada um dos cargos do concurso -- ainda não se sabe ao certo quantas. No último concurso, em 2013, foram aprovados 4 mil candidatos para a reserva.

O órgão judicial, assim como o INSS e a Receita Federal, tem um déficit significativo de servidores atualmente: são ao menos 1,6 mil técnicos e analistas que deixaram o MPU nos últimos anos e não foram repostos.

"Ao longo do prazo de validade do concurso, que deve chegar a quatro anos, muitos aprovados deverão ser nomeados para suprir as necessidades", diz o professor Rodrigo Cardoso, da agência especializada Gran Cursos Online.

A maior carência, segundo ele, é para profissionais de nível médio, que devem ser priorizados no edital. O único concurso ainda dentro do prazo de validade para o MPU é o de analista, que expira apenas em agosto do ano que vem. Todos os outros deixaram de ter validade em 2017. Os cargos para nível médio têm salários entre R$ 7.618,61 (com auxílio-alimentação de R$ 910,08 incluso) e R$ 8.676,26. Já os cargos para nível superior devem pagar R$ 11.916,90.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix