Campo Grande/MS, Terça-Feira, 24 de Outubro de 2017 | 00:54
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 10 de Março de 2017, 16h:27
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

A crise do gás... e o recado do governador

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Edemir Rodrigues/Governo MS

ColunaMarcoEusébio

Azambuja ao conversar com a imprensa hoje durante ato público

Ao admitir à imprensa que, na iminencia de perder 700 milhões de reais da arrecadação do ICMS do gás natural boliviano desdenhado pela Petrobras corre risco "de quebrar" e que vai até as últimas consequencias para evitar que isso ocorra, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que nesta sexta tem encontro marcado em São Paulo com o presidente da estatal Pedro Parente para tentar resolver o impasse, deixou um alerta indisfarçável para as diversas categorias de servidores: 'a maré não está para peixe e qualquer sinal de reajuste vai significar o caos financeiro'. Traduzido: atraso salarial que afetaria não só os servidores, mas a toda a economia regional.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix