Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 18 de Abril de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Apesar das obras na região, cai número de lojas fechadas no Centro de Campo Grande

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Foto www.MarcoEusebio.com.br com gráfico ACICG

ColunaMarcoEusébio

Com obras do Reviva, Rua 14 de Julho foi a única a aumentar número de imóveis fechados diz pesquisa da ACICG

Caiu 3,43% em comparação ao ano passado o número de imóveis fechados no no quadrilátero que compreende as ruas Mato Grosso, Fernando Corrêa da Costa, Calógeras e 13 de Maio, na área central da Capital, diz levantamento feito em março pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). Em 2017, primeiro ano da pesquisa (veja aqui), eram 204 imóveis fechados, que chegaram a 211 em 2018 e voltaram a ser 204 neste ano. A Rua 14 de Julho, em obras do Reviva, foi única com aumento no número de imóveis fechados. João Carlos Polidoro, presidente da associação, diz que, depois dos transtornos, é grande a expectativa com a revitalização do Centro. "Esperamos que o cronograma da obra seja cumprido, e que a pesquisa do próximo ano traga o menor número possível de imóveis fechados", comentou.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix