Campo Grande/MS, Terça-Feira, 23 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 16 de Junho de 2019, 11h:12
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Barroso critica “euforia” de “corruptos” com conversas vazadas da Lava Jato

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Reprodução de vídeo TV Globo

ColunaMarcoEusébio

Barroso: 'A corrupção existiu, eu até tenho dificuldade de entender um pouco essa euforia que há em torno disso'

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo, criticou a "euforia que tomou os corruptos e seus parceiros" com a publicação de conversas roubadas dos celulares de Sérgio Moro e de procuradores da força-tarefa da Lava Jato de Curitiba neste início de semana. "A corrupção existiu, eu até tenho dificuldade de entender um pouco essa euforia que há em torno disso se houve algo pontualmente errado aqui ou ali", afirmou Barroso em entrevista ontem ao programa Em Foco com Andréia Sadi, da Globo News. "Porque todo mundo sabe, no caso da Lava Jato, que as diretorias da Petrobras foram loteadas entre partidos com metas percentuais de desvios. Fato demonstrado, tem confissão, devolução de dinheiro, balanço da Petrobras, tem acordo que a Petrobras teve que fazer nos EUA", lembrou."A única coisa que se sabe ao certo, até agora, é que as conversas foram obtidas mediante ação criminosa. E é preciso ter cuidado para que o crime não compense", advertiu.

 

• • • • •

 

Em voo Brasília-Rio passageiros aplaudem Luiz Fux e repetem 'In Fux we trust'

Ilustração e imagem do Twitter do Estadão/Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Luiz Fux foi saudado com aplausos por passageiros de voo Brasília-Rio hoje, informa O Globo

O ministro Luiz Fux, do Supremo, foi aplaudido por passageiros em voo que pegou na sexta (14) de Brasília para o Rio, informa Bela Megale em blog no O Globo. Conforme a colunista, alguns passageiros repetiram a frase "in Fux we trust" ("Em Fux nós confiamos", na tradução livre) que teria sido dita por Sérgio Moro a Deltan Dallagnol em uma das conversas roubadas por hacker dos celulares de integrantes da Lava Jato e divulgadas pelo site The Intercept. "Fux tem dito a amigos que, por ora, não pretende falar sobre o caso. Ressaltou também que não viu problemas no diálogo divulgado, porque sempre se posicionou publicamente a favor da Lava-Jato", relata a jornalista.

 

• • • • •

 

'Aqui é o hacker' diz mensagem em grupo do Conselho Nacional do Ministério Público

Reprodução/Arquivo

ColunaMarcoEusébio

Em grupo de conselheiros do CNMP, mensagem avisa: 'eu acesso quem eu quiser, quando eu quiser'

Mensagens enviadas com o perfil do conselheiro Marcelo Weitzel Rabello de Souza no Telegram em grupo de integrantes do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) avisou que as conversas de Sérgio Moro e de integrantes da Lava Jato pelo aplicativo que foram roubadas e acabaram divulgadas no domingo pelo site The Intercept foram só "uma amostra do que vocês vão ver na semana que vem", informa o Estadão. Outra mensagem avisava: "...eu acesso quem eu quiser, quando eu quiser". O jornal diz que as mensagens começaram a ser enviadas na noite anterior. Conselheiros questionaram o colega pensando se tratar de brincadeira. Como resposta, receberam outro torpedo avisando: "aqui é o hacker".

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix