Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017 | 18:20
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 09 de Julho de 2017, 07h:57
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

CPI importante, porém tardia

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Ilustração

ColunaMarcoEusébio

Precisou chegar o Uber para investigarem o antigo monopólio dos táxis que agora caminha rumo à extinção

Em Campo Grande esperava-se uma CPI do Táxi há algumas décadas. Hoje, com o advento do Uber, ela veio tarde demais. A evolução da tecnologia que democratiza os serviços, impede o monopólio e loteamento do setor. E isso é o que parece incomodar.

Para que saber agora quantos alvarás determinado taxista possui, quando esse sistema ruma à extinção? Afinal, pouca gente ignora que "curiangos" explorados por donos de alvarás de táxi já estão quebrando as amarras da legislação podendo comprar carro financiado para atender o Uber, sem ponto, placa vermelha e nem alvará cedido pelo "favor" de político nenhum.

Uma "CPI do Uber" para investigar por qual motivo se cogita "regularizar" e "encabrestar" o novo serviço limitando número de veículos e impondo taxas e alvarás (enfim, transformando o Uber no velho táxi), curiosamente, nenhum defensor dos interesses do usuário – se é que isso existe – cogita instalar.

Talvez daqui alguns anos, algum "nobre" edil possa pensar nisso. Quando seus interesses não incomodarem quem tiver mais poder. Coisa para um tempo quando, como agora no caso da tardia "CPI dos Táxis", já for tarde.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix