Campo Grande/MS, Sábado, 19 de Agosto de 2017 | 22:15
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 06 de Agosto de 2017, 11h:12
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Dizendo-se desiludido com o “toma lá, dá cá”, Tiririca fala em deixar a política

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

André Duzek/Estadão Reprodução

ColunaMarcoEusébio

'Fiquei muito decepcionado com muita coisa que vi lá', diz Tiririca sobre o 'toma lá, dá cá' no Congresso Nacional

No sétimo ano de seu segundo mandato como deputado, eleito nas duas vezes eleito com mais de um milhão de votos, Tiririca (PR-SP) diz que está desiludido com a política cogita não voltar a ser candidato no ano que vem. Um dia depois de votar pela abertura de investigação contra o presidente Michel Temer acusado de corrupção passiva, Francisco Everardo Oliveira Silva criticou o Congresso e disse não ter "jogo de cintura" para ser político. "Não vai mudar. O sistema é esse. É toma lá, dá cá", afirmou em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo.

Para ele, a maioria no Congresso só atua em interesse próprio e parlamentares bem intencionados são barrados pelo "sistema". "A partir do exato momento que você entra, ou entra no esquema ou não faz. É uma mão lava a outra. Tu me faz um favor, que eu te faço um favor. Eu não trabalho dessa forma", desabafou. "Fiquei muito decepcionado com muita coisa que vi lá", acrescentou.

Sobre as eleições de 2018, Tiririca afirmou: "Do fundo do meu coração, estou em dúvida, e mais para não disputar". Questionado se a aversão a políticos tradicionais não poderia favorecê-lo, ele respondeu: "Pode ser que sim ou que não. Mas, para fazer o que? Passar oito anos e aprovar um projeto". Nestes sete anos, Tiririca só conseguiu aprovar uma de suas propostas: a que inclui artes e atividades circenses na Lei Rouanet.

Indagado se o Brasil tem jeito, lembrou uma música "das antigas" de Bezerra da Silva, cujo refrão diz "para tirar meu Brasil dessa baderna, só quando morcego doar sangue e saci cruzar as pernas". Desanimado com a política, Tiririca voltou a fazer shows como palhaço há cinco meses. O espetáculo que conta a história de vida dele é exibido de sexta a domingo, cada fim de semana em um Estado. De segunda a quinta-feira o deputado fica em Brasília, onde mora com a esposa e uma das filhas, diz o Estadão.

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix