Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Novembro de 2017 | 09:01
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Segunda-Feira, 15 de Maio de 2017, 10h:54
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Doria, o anti-Lula

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Twitter/Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Doria é contra prisão de Lula agora: 'Primeiro, tem de ser derrotado pelo povo'

Por Eliane Cantanhêde, no O Estado de S.Paulo

"Por convicção, raiva ou puro cálculo político? Talvez por tudo isso, o político brasileiro que mais acidamente confronta o ex-presidente Lula e lucra diretamente com a implosão dele, de Dilma Rousseff e do PT na Justiça é o prefeito de São Paulo, João Doria, que é do PSDB, mas de um PSDB, digamos, diferenciado.

Apesar disso, e de ter liderado o movimento 'Cansei' na época do mensalão petista de 2005-2006, Doria não defende a condenação e muito menos a prisão de Lula agora. Católico praticante, ele prefere outra cronologia, mas não por condescendência nem por fé cristã e sim por pragmatismo: 'O Lula precisa ser derrotado antes nas urnas, para então se tornar apenável'.

Ele destrincha o próprio raciocínio: se Lula fosse preso agora, usaria isso a seu favor, posaria de vítima, mobilizaria boa parte da sociedade brasileira e até líderes internacionais. E ainda abusaria da versão de que só estaria sendo preso para não poder voltar à Presidência. 'Um novo golpe', gritariam os petistas.

Com um sorriso sarcástico, Doria provoca: 'Deixem o Lula concorrer e ser derrotado. Ele precisa ser condenado primeiro pelo povo e só depois pela Justiça, não o contrário. É assim que ele tem de entrar para a história', disse o prefeito, durante almoço na Prefeitura de São Paulo, na quinta-feira, dia seguinte ao depoimento de Lula ao juiz Sérgio Moro e aos procuradores."

Leia aqui a íntegra no site do Estadão.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix