Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 11 de Dezembro de 2017 | 19:50
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Segunda-Feira, 19 de Junho de 2017, 07h:27
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Em defesa de Temer, Marun ataca e chama Joesley de “super delinquente” e “cachorro”

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Carlos Marun defende Temer e chama Joesley de

Em defesa de Michel Temer, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) divulgou nota na tarde deste sábado em que ataca Joesley Batista e desqualifica as declarações do empresário à revista Época, chamando o presidente de chefe da "maior organização criminosa do Brasil". Na nota, Marun chama Joesley de "super delinquente", "cachorro", "meliante" e "chefe de quadrilha"

Leia a íntegra:

"Em relação a entrevista do super delinquente Joesley Batista, faço as seguintes considerações:

1 - Trata-se de um desfile de acusações genéricas, sem que em nenhum momento tenha sido colocado sequer um único ato ilegal que o Pres Temer tenha praticado em benefìcio do grupo econômico que hoje sabemos tratar-se de uma organização criminosa;

2 - Não é demais lembrar que este cachorro (forma como os delatores colaboradores eram conhecidos durante a ditadura) esteve por mais de 40 minutos gravando o presidente e nada conseguiu tirar dele de realmente criminoso ou comprometedor;

3 - Cumpre destacar que o criminoso não se refere a Lula, Dilma e ao PT, em cujos governos seu patrimônio teve um absurdo crescimento, e nem ao fato de ter sido antecipadamente avisado da eclosão do escândalo, o que lhe permitiu operar na véspera no câmbio e na bolsa, garantindo o ganho de mais alguns bilhões;

4- É óbvio que orientado por sua defesa o meliante tenta proteger seu escandaloso e benevolente acordo de delação, que está sendo contestado na justiça já que a lei veda o perdão judicial a chefes de quadrilha delatores.

Em resumo, trata-se de mais um capítulo desta novela em que se constitui a Conspiração Asquerosa que tenta acabar com as Reformas, depor o Pres Temer e garantir exílio dourado para Joesley e para os outros delinquentes que o cercam.

CARLOS MARUN

DEP. FEDERAL"

 

• • • • •

 

Planalto chama Joesley de “bandido notório” e que Temer acionará a Justiça

Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Chamado de chefe da maior 'organização criminosa do Brasil', Temer promete processar Joesley Batista

Em nota divulgada na tarde deste sábado, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República diz que Michel Temer vai acionar a Justiça na segunda-feira contra Joesley Batista, a quem chama de "badido notório". A nota rebate entrevista do empresário à revista Época, da Globo, em que Joesley acusa o presidente de chefiar "a maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil" e diz que ele não tinha "cerimônia" em pedir dinheiro para o PMDB. Na nota, o Planalto acusa Joesley de "desfiar mentiras" e critica o acordo de delação premiada que concede perdão judicial a Joesley nas ações em andamento na Lava Jato e o livra de ser denunciado como réu em novas ações. Conforme a nota, os crimes admitidos pelo empresário "somariam mais de 2000 mil anos de detenção". (Com G1)

 

• • • • •

 

“Temer é o chefe da Orcrim”, diz Joesley

Reprodução/Arquivo

ColunaMarcoEusébio

Joesley Batista reafirmou as acusações feitas contra Michel Temer em novo depoimento à Polícia Federal

Joesley Batista reafirmou em novo depoimento à Polícia Feeral as declarações feitas em delação premiada contra Michel Temer e disse à revista Época que o atual presidente comanda a e organização criminosa. "O Temer é o chefe da Orcrim (organização criminosa) da Câmara", disse. O empresário também citou o ex-deputado Eduardo Cunha, os ex-ministros Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves e os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. "Quem não está preso, está hoje no Planalto. Essa turma é muito perigosa", afirmou. O Palácio do Planalto não quis comentar a entrevista. O depoimento de Joesley e os do corretor Lúcio Bolonha Funaro e do diretor jurídico da J&F Francisco de Assis serão usados na denúncia a ser a ser apresentada por Rodrigo Janot (PGR) contra Temer ao Supremo dentro de dez dias.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix