Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 28 de Julho de 2017 | 05:00
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quinta-Feira, 18 de Maio de 2017, 10h:14
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

“Está triste, mas confiante na superação da crise” diz Marun após reunião com Temer

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Fotos Divulgação/Arquivo

ColunaMarcoEusébio

Marun enviou nota após reunião com Michel Temer: 'Situação é gravíssima, mas temos que aguardar'

Depois de reunião com o presidente Michel Temer nesta noite no Palácio do Planalto, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) acaba de enviar a seguinte nota via WhatsApp aqui ao Blog:

"Acabo de sair de reunião com o presidente Temer. Está triste, mas confiante na superação da crise. Sua posição foi explicitada na nota divulgada (leia aqui a nota citada pelo deputado).

É triste que a colaboração premiadíssima de um empresário, que se tornou bilionário em função de favores recebidos durante o governo do PT, esteja causando tanta insegurança exatamente no momento em que finalmente voltávamos a crescer e gerar empregos.

A situação é gravíssima, mas temos que aguardar os acontecimentos."

Leia a nota do Planalto citada por Marun:

"NOTA À IMPRENSA

O presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha. Não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar.

O encontro com o empresário Joesley Batista ocorreu no começo de março, no Palácio do Jaburu, mas não houve no diálogo nada que comprometesse a conduta do presidente da República.

O presidente defende ampla e profunda investigação para apurar todas as denúncias veiculadas pela imprensa, com a responsabilização dos eventuais envolvidos em quaisquer ilícitos que venham a ser comprovados."

 

• • • • •

 

“Se for verdade, atrapalha tudo” diz Marun sobre delação que atinge Michel Temer

André Coelho/O Globo Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Carlos Marun: 'Se for verdade, atrapalha tudo' sobre delação que abalou o Brasil

"Se for verdade, atrapalha tudo", disse o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) ao jornal O Globo nesta noite em Brasília ao ser questionado sobre a delação do dono da JBS Joesley Batista que teria apresentado gravação em delação à Lava Jato em que Michel Temer dá aval para "comprar o silêncio" de Eduardo Cunha que está preso em Curitiba. Marun, presidente da comissão da reforma da Previdência citado pelo O Globo como "principal aliado de Cunha na Câmara", e outros deputados, estavam reunidos nesta noite no Planalto para tratar da reforma da Previdência com o ministro Antonio Imbassahy e "ficaram na mão, à espera do ministro, que está reunido com o presidente Michel Temer", diz o site do jornal.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix