Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 28 de Junho de 2017 | 13:16
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 17 de Junho de 2017, 11h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Lídio vê “revanchismo” de Kemp e rejeita acordo para mudar Lei Harfouche

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Chileno/ALMS

ColunaMarcoEusébio

Lídio Lopes vê proposta de Kemp ineficaz 'sem punições' e classifica iniciativa do petista como 'revanchismo'

Autor da "Lei Harfouche" que prevê punições a alunos infratores nas escolas da rede estadual de MS, o deputado Lídio Lopes (PEN) classificou como "revanchismo" a ideia do deputado Pedro Kemp (PT) de substituir sua proposta com um projeto alternativo (leia aqui) e disse que não haverá acordo com o petista. Para Lídio, sem punição como propõe Kemp, a lei não surtirá efeito na prática como espera a sociedade.

Ao site Campo Grande News, Lopes disse que isso "é chover no molhado, já que a proposta é baseada no programa da Justiça Restaurativa, que não surtiu efeitos que se precisa nas escolas". "Se trata mais de um revanchismo à Lei Harfouche", acrescentou, prometendo lutar para que a Lei Harfouche volte ao plenário e seja aprovada na Assembleia.

A proposta original está sendo alterada. Deve incluir escolas particulares e retirar o nome de Sérgio Harfouche da lei. Assim como Lídio, o promotor de justiça da Infância e da Adolesência é pastor evangélico, o que, além das punições, seria um dos principais motivos da resistência de petistas.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix