Campo Grande/MS, Domingo, 18 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Terça-Feira, 06 de Novembro de 2018, 07h:49
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

O comando da Assembleia em jogo

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Deurico/Capital News

Assembleia Legislativa de MS

As cadeiras de presidente e de primeiro-secretário da Assembleia são as mais cobiçadas na eleição da Mesa Diretora

Deputados estaduais já fazem articulações na disputa para comandar a Assembleia no início da nova legislatura que se iniciará em 2019. Nesse jogo, os principais alvos são as cadeiras de presidente e de primeiro-secretário. Como também existem outros cargos, supostos adversários costumam se unir. Como são 24 deputados, essa costura se arremata quando conquista o voto de pelo menos 13.

Dos reeleitos, já se colocam como pré-candidatos pelo PSDB Felipe Orro, Onevan de Matos, Paulo Corrêa e Rinaldo Modesto; Eduardo Rocha (MDB) e Barbosinha (DEM). Dos novos eleitos, são opções o campeão de votos Capitão Contar, e o Coronel David (ambos do PSL), este cotado à Secretaria de Segurança por sua proximidade com Jair Bolsonaro.

E não se pode esquecer que Londres Machado (PSD) volta à Casa. Experiente nesse jogo, recordista de mandatos e no comando da Mesa, Londres sempre manteve o silêncio como arma nessas articulações. E, sem aparecer, costuma surgir como opção de consenso.

Surpresas nunca são descartadas nesse tabuleiro em que os 24 eleitores podem ser votados. O jogo só deve ser definido, como de praxe, em fevereiro, após o fim do recesso, às vésperas da sessão de eleição.

 

 

    Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix