Campo Grande/MS, Domingo, 22 de Outubro de 2017 | 08:56
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 15 de Abril de 2017, 10h:09
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Pelo menos 13 políticos da Lista de Fachin andaram “protestando contra a corrupção”

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Fotos Reprodução/Arquivo

ColunaMarcoEusébio

Paulinho da Força, Aécio, Alckmin e Aloysio Nunes; e Blairo: 'protestantes' na lista

Pelo menos treze políticos da lista de propinas da Odebrecht que viraram alvo de inquéritos autorizados pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, andaram discursando contra a corrupção nos últimos dois anos durante protestos de rua que serviram como pano de fundo para a defesa do impeachment da então presidente Dilma, que, como Lula, é acusada pelos ex-diretores da empreiteira de ter conhecimento das milionárias doações para suas campanhas e a de aliados, lembra o UOL. Os treze da história de "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço" lembrados pelo site, são:

Senador Romero Jucá (RR), presidente nacional do PMDB.
Senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB.
Governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP).
Senador José Serra (PSDB-SP).
Senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), atual ministro do Itamaraty.
Senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).
Senador Blairo Maggi (PP-MT), atual ministro da Agropecuária.
Senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PE).
Deputado federal Paulinho da Força (SD-SP).
Deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA).
Deputado federal Jutahy Júnior (PSDB-BA).
Deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara.
Deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), atual ministro das Cidades.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix