Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 26 de Julho de 2017 | 14:41
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quinta-Feira, 13 de Abril de 2017, 07h:18
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Policiais federais do DF defendem escolta para juiz de MS ameaçado de morte

Da coluna Entrelinhas da Notícia

Por Marco Eusébio
Artigo de responsabilidade do autor

Facebook Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Imagem de nota postada pelo Sindipol-DF no Facebook

O Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal defendeu nesta semana em sua página no Facebook que o juiz federal Olidon de Oliveira, de Campo Grande, possa continuar tendo escolta da Polícia Federal mesmo depois de se aposentar do cargo. Ameaças de morte fazem Odilon adiar a decisão da aposentadoria para não ficar sem segurança.

"Responsável pela prisão de mais de 400 traficantes, apreensão de 282 imóveis do crime, 761 veículos e 27 aeronaves; o juiz federal Odilon corre o risco de perder a proteção policial que o acompanha há 18 anos porque a legislação brasileira não prevê escolta para casos de aposentadoria", diz a nota.

"Odilon foi alvo de centenas de ameaças de morte, entre elas do Primeiro Comando da Capital (PCC) que ofereceu R$ 1,5 milhão pela sua morte e a facção carioca Comando Vermelho (CV) que ofertou R$ 2,5 milhões pelo crime. O SINDIPOL/DF reconhece a importância de seu trabalho e se posiciona a favor da manutenção da escolta. Deixar Odilon desprotegido seria um desrespeito e conivência com o crime organizado", acrescenta o sindicato.

 

 

  Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix