Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 23 de Junho de 2017 | 06:22
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 30 de Outubro de 2016, 12h:58
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Místico

Da coluna Na Tarraqueta

Por Roberto Costa
Artigo de responsabilidade do autor

Deurico/Arquivo Capital News

Bernal na cadeira de prefeito, gabinete do prefeito

Bernal

 

MÍSTICO – O prefeito de Campo Grande e presidente do diretório regional do PP (Partido Progressista), Alcides Bernal, é uma pessoa com fortes ligações com a numerologia, ou seja, com o número 11.

 

• • • • •


11 X 5 – Os 111 mil votos conquistados no primeiro turno das eleições municipais de Campo Grande obrigaram Bernal a recorrer ao misticismo e cravar no segundo turno o resultado da multiplicação do título.

 

• • • • •


SUCATA I – Por mais bem intencionada que estivesse a universidade japonesa de querer ajudar o Hospital Universitário de Campo Grande, doar um equipamento com mais de 8 anos de funcionamento soa como ‘descarte’.

 

• • • • •


SUCATA II – Por ser um país altamente desenvolvido e economicamente bem posicionado no ranking mundial, doar um equipamento ‘zero bala’, lacrado, na caixa, sem uso, teria sido visto com outros olhos.

 

• • • • •


DIA D – Das 8h às 17h, horário de Mato Grosso do Sul, o campo-grandense terá tempo suficiente para pensar, repensar e refletir para então confirmar os dois dígitos e apertar a tecla verde confirma.

 

• • • • •


PESQUISAS – Todos os institutos que estão analisando o quadro político campo-grandense, sem exceção, projetaram a vitória do deputado estadual Marquinhos Trad, do PSD, até com certa tranquilidade.

 

• • • • •


AÇÃO I - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) criticou o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal, por autorizar as prisões do chefe da polícia do Senado, Pedro Ricardo Carvalho, e mais três policiais legislativos, suspeitos de prestar serviço de contrainteligência para ajudar senadores investigados na Lava Jato.

 

• • • • •


AÇÃO II - Renan chamou o juiz federal de “juizeco” e disse que o ministro da Justiça, Alexandre Moraes se comporta, “no máximo”, como um “chefete de polícia”.

 

• • • • •


REAÇÃO I - A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF) ministra Cármen Lúcia, cobrou respeito aos juízes.

 

• • • • •


REAÇÃO II – “Não é admissível aqui, fora dos autos, que qualquer juiz seja diminuído ou desmoralizado. Como eu disse, quando um juiz é destratado, eu também sou”, afirmou a ministra.

 

• • • • •


PÉ FRIO – Em perdendo a eleição para a Prefeitura de Campo Grande, o PR, responsável pela indicação do vice Cláudio Mendonça, será elevado à condição de Partido Refrigerador.

 

• • • • •


REAJA, CONSUMIDOR I – Para frear a voracidade dos atacadistas que simulam venda no varejo o consumidor precisa demonstrar que não concorda com os preços absurdos em exposição nas gôndolas.

 

 

• • • • •


REAJA, CONSUMIDOR II – Duas marcas de sabão em pó (OMO e ARIEL), no Atacado Assaí, a caixa contendo um quilo está sendo vendida a R$ 9,95. Qual a justificativa para o reajuste de R$ 3? Ganância!

 

 

• • • • •


RESPEITO É BOM – Toda e qualquer disputa no campo democrático é salutar. Ninguém é dono da verdade e muito menos do poder. Os 18 novos vereadores anunciam que não vão abrir mão da disputa da Mesa.

 

 

• • • • •

 

RUI BARBOSA

“Eu não troco a justiça pela soberba. Eu não deixo o direito pela força. Eu não esqueço a fraternidade pela tolerância. Eu não substituo a fé pela supertição, a realidade pelo ídolo.”

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix