Campo Grande/MS, Sábado, 21 de Outubro de 2017 | 11:00
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 28 de Maio de 2017, 10h:24
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Ônus da prova

Da coluna Na Tarraqueta

Por Roberto Costa
Artigo de responsabilidade do autor

TRAPALHÃO – O homem de extrema confiança do presidente Michel Temer, o deputado federal afastado Rodrigo Loures, além de sair correndo com a mala com R$ 500 mil e devolvê-la faltando R$ 35 mil, ainda efetua o reembolso da diferença.

 

• • • • •


RESSARCIMENTO – É bem provável que a AGU (Advocacia Geral da União) bata à porta do judiciário para receber da UGT, Força Sindical e MST o valor de R$ 1,4 milhão do prejuízo causado em ato de vandalismo.

• • • • •


SOL QUADRADO – O ex-prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, foi condenado a 8,4 anos de prisão por crime de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A pena será cumprida em regime fechado.

• • • • •


SORRINDO À TOA – Quem ficou muito satisfeito com sentença proferida pelo judiciário foi o ex-prefeito Alcides de Jesus Peralta Bernal, que também foi vítima do agora presidiário Gilmar Olarte.

 

• • • • •

 

Deurico Ramos/Capital News

MPE investiga concessão de incentivos fiscais à JBS no estado

Os três últimos governadores do estado são citados nas delações

ÔNUS DA PROVA – Em se tratando de Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja já se reuniu com os deputados, empresários e OAB, para provar que não recebeu nenhum centavo de propina da JBS.

 

• • • • •


MENTIRA DESLAVADA – “O que eles estão falando é mentira e facilmente será comprovado com documentos”, reagiu o ex-governador André Puccinelli em relação à delação da JBS, acrescentando que a verdade será comprovada.

• • • • •


DESAFIO – Outro nome mencionado na delação foi o do ex-governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT. Através de nota relata que nunca pediu ou soube de propina vinda da JBS.

 

• • • • •


POR FORA – Dizem os especialistas em política que o senador Pedro Chaves, do PSC, está tão entusiasmado em disputar o Governo do Estado em 2018, que anda cumprimentando até manequim de loja.

• • • • •


SEM DINHEIRO – Mais do que nunca os futuros candidatos terão de fazer uso da criatividade para conquistarem o voto do eleitor, que não está absolutamente nada satisfeito com o desempenho da classe política.

• • • • •


REAJUSTE – O secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, deixou transparecer que o funcionalismo público não ficará sem reajuste, apesar da crise.

 

• • • • •


IMPERÍCIA – O perito Ricardo Molina estava tão empenhado em defender o presidente Michel Temer, que acabou esquecendo que “sua excelência recebeu o empresário Joesley Batista na calada da noite”.

• • • • •


MAIO AMARELO – Os acidentes de trânsito nas cidades e nas rodovias brasileiras matam anualmente cerca de 50 mil pessoas e causam mutilações quase que na mesma proporção.

 

• • • • •


ZONAS ELEITORAIS I - A desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges participou, na quarta-feira (24), da reunião dos presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais, sediada pelo TRE do Distrito Federal.

• • • • •


ZONAS ELEITORAIS II – O encontro foi para discutir os efeitos das alterações na resolução que trata da criação e instalação de zonas eleitorais, com o objetivo de realizar um rezoneamento eleitoral para aprimorar o trabalho e economizar gastos.

• • • • •


HENRY FORD

“Se o dinheiro for a sua esperança de independência, você jamais a terá. A única segurança verdadeira consiste numa reserva de sabedoria, de experiência e de competência.”

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix