Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Novembro de 2017 | 03:54
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 09 de Julho de 2017, 12h:23
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Pisou na bola

Da coluna Na Tarraqueta

Por Roberto Costa
Artigo de responsabilidade do autor

Deurico/Arquivo Capital News

Pedro Chaves

Pedro Chaves

PISOU NA BOLA I – O senador Pedro Chaves (PSC) andou propagando pelo país que votaria a favor do pedido de denúncia para investigar o também senador Aécio Neves, acusado de receber propina da JBS. Amarelou!

• • • • •


PISOU NA BOLA II – O discípulo do ex-senador Delcídio do Amaral tremeu nas bases. Quando o Conselho de Ética (?) se reuniu para decidir o futuro de Aécio, Chaves simplesmente ignorou o clamor popular.

• • • • •


FUNDISTA – O ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, amigo do presidente Michel Temer, inventou a melhor maneira de praticar corrida: arrastar uma mala com R$ 500 mil.

 

• • • • •


FURA-FILA – O agora presidiário integrante da grife da “tornozeleira eletrônica”, Rodrigo Rocha Loures, demonstrou que é rápido de verdade ao deixar mais de 4 mil presidiários à espera do ‘mimo’.

 

• • • • •


RESULTADO – Quem liderou o movimento pró-reajuste fez o servidor público estadual literalmente perder dinheiro. Não teria sido melhor ter concordado com a recomposição de R$ 200?

 

• • • • •


DELAÇÃO – Não tenho a menor dúvida de que o ex-ministro Geddel Vieira Lima não é de tomar banho frio e muito menos ficar de cócoras em privada. O desconforto vai obrigá-lo a falar.

 

• • • • •


VOO ALTO – Pelo menos cinco vereadores de Campo Grande deverão concorrer ao cargo de deputado estadual nas eleições de outro de 2018. Eles confiam que o eleitorado irá revitalizar o Palácio Guaicuru.

• • • • •


DUREZA – Se não acontecer absolutamente nada de novo na economia douradense, o funcionalismo público municipal pode ir se preparando para administrar os parcos recursos, pois vai faltar dinheiro.

 

• • • • •


AÇÃO CONJUNTA – Governo e Câmara estão articulando o destravamento de R$ 400 milhões previstos para investimentos em Campo Grande. Pelo menos 21 obras serão retomadas, se o dinheiro for liberado.

• • • • •


CÁLCULO – O reajuste de 2,94% anunciado pelo Governo do Estado vai entrar em vigor somente no mês de setembro. O governador assegurou que o abono de R$ 200 será mantido por 12 meses.

 

• • • • •

 

PASSADO – Quando o engenheiro Pedro Pedrossian comandou a administração estadual, a pasta de Finanças convenceu o pessoal da Fetems que “reajuste zero” era um bom negócio.

 

• • • • •


POSSE – O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) empossa no dia 19 de julho os aprovados no concurso para juiz substituto. A partir das 14h, no Tribunal do Pleno, vão tomar posse 19 juízes.

• • • • •


IPTU I - A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou o projeto de Lei complementar 528/17, do executivo municipal, que altera a legislação tributária municipal e facilita a situação dos inadimplentes.

 

• • • • •


IPTU II – O projeto oportuniza aos contribuintes o parcelamento de débitos antes da vigência desta Lei Complementar e que ainda estão em curso ou não foi cumprido. O parcelamento pode ser feito em no máximo em 36 parcelas.

• • • • •


PIERRE-JOSEPH PROUDHON

“Suprimamos as tarifas, e assim será declarada a aliança dos povos, reconhecida a sua solidariedade e proclamada a sua igualdade.”

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix