Campo Grande/MS, Sábado, 21 de Janeiro de 2017 | 18:49
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 28 de Agosto de 2016, 12h:56
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

TRE-MS registrou a 1ª desistência de um candidato à prefeitura em Campo Grande

Com a prissão de Olarte do PROS, Luiz Pedro Gomes Guimarães abandonou sua candidatura

Roberto Costa
Na Tarraqueta

Divulgação

Candidato do PROS desiste de candidatura antes de sofrer retaliações

Luiz Pedro Gomes Guimarães, candidato desiste da corrida eleitoral para a prefeitura da Capital

DINHEIRO DE CORRUPÇÃO – O Ministério Público de Mato Grosso do Sul ofereceu denúncia contra cinco investigados na Operação Pecúnia, que apura lavagem de dinheiro obtido supostamente por meio de corrupção, na época em que Gilmar Olarte (PROS) era prefeito de Campo Grande.

**

DINHEIRO DE CORRUPÇÃO I – Além do prefeito afastado, a ex-primeira-dama Andréia Olarte, o corretor Ivamil Rodrigues de Almeida, o empresário Evandro Farinelli e a mulher dele, Christiane Farinelli, foram denunciados.

**

DIAS DE AGONIA - O Senado iniciou na quinta-feira (25) o julgamento do impeachment de Dilma Rousseff. 54 votos favoráveis são suficientes para colocá-la fora do poder.

**

DIAS DE AGONIA I – A abertura da sessão foi sob o comando do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que também preside o processo de impedimento da presidente afastada.

**

COSIP – Decisão sobre a taxa de iluminação pública de Campo Grande foi adiada, pela terceira vez, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) na última quarta-feira (24).

**

COSIP I – O julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) da prefeitura, contra a suspensão da cobrança, ficou para próxima quarta-feira (31) no Órgão Especial porque o desembargador Divoncir Maran voltou a pedir mais tempo para analisar o caso.

**

SEM VOTO – O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul registrou a primeira desistência de um candidato à prefeitura em Campo Grande. Insuficiência de voto deve ter sido a motivação.

**

SEM VOTO I – O advogado e empresário Luiz Pedro Gomes Guimarães (PROS) entregou o pedido na 44ª Zona Eleitoral e não vai mais disputar a chefia do Executivo campo-grandense.

**

PRESIDENCIÁVEL – Luiz Inácio Lula da Silva confirmou sua pré-candidatura à Presidência da República em 2018, mesmo tendo seu nome envolvido em dois escândalos de corrupção.

**

PRESIDENCIÁVEL I – O anúncio foi feito na quarta-feira (24) durante visita do ex-presidente petista ao Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, município localizado a 320 km de Campo Grande.

**

PARQUE DOS PODERES – Na mesma solenidade, o deputado federal José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, confirmou sua pretensão de disputar o Governo do Estado em 2018.

**

PARQUE DOS PODERES I – O incompreensível é que o mesmo pré-candidato à sucessão estadual em 2018 fugiu da raia ao ser convidado para disputar a prefeitura de Campo Grande em 2016.

**

CLÁUDIO MUZEL – “A eleição de político ruim, ficha suja e/ou corrupto, nos dá oportunidade de avaliar não o político, mas a democracia, o sistema judiciário e principalmente o nível do eleitor”.

**

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix