Campo Grande/MS, Domingo, 10 de Dezembro de 2017 | 21:14
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 18 de Junho de 2017, 12h:48
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Como saber se é o momento certo para trocar de celular?

Da coluna Tecnologia

Por Gustavo Torniero
Artigo de responsabilidade do autor

Istock Photos

ColunaTecnologia

Seja para conseguir novas funções à sua mão ou para trocar um modelo que não atende as suas necessidades, saiba o melhor momento para trocar o seu celular unindo economia e praticidade

Telas e processadores de última geração, recursos inovadores, mais velocidade... Esses são alguns dos atributos vendidos pelas grandes marcas de smartphones, que lançam todos os anos os modelos mais recentes de linhas de celulares. Com algum tempo de uso, o consumidor começa a se deparar com alguns problemas que o fazem questionar se é hora de trocar o seu smartphone.
           
Primeiro, é importante você checar suas prioridades e necessidades. De fato, novos dispositivos são lançados todos os meses, mas eles nem sempre trazem melhorias substanciais em relação ao último lançamento da companhia. Para quem é apaixonado por tecnologia e gosta de estar por dentro de todas as novidades e funcionalidades, cada mudança é importante.
           
Mas o ideal é você pesquisar sobre o aparelho e verificar se os novos recursos que ele traz são compatíveis com o seu tipo de uso. Se você usa o smartphone só para ler e-mails e acessar redes sociais, por exemplo, um novo aparelho com um ultra processador pode não ser a melhor escolha. Comprar celular, nesses casos, pode ser só um gasto desnecessário.
           
Embora nem sempre seja necessário comprar um smartphone que acabou de sair, é importante saber que dispositivos extremamente obsoletos e com muito tempo de uso podem ocasionar alguns problemas, como travamentos, superaquecimentos e impossibilidade de receber uma atualização de software mais recente, com atualizações de funcionalidades e de segurança.
           
Assim que o celular começar a travar, tente identificar a origem do problema – quando ele começou a apresentar esse comportamento, se aconteceu durante o uso de um aplicativo específico ou não, se é algo esporádico ou com frequência. Dessa forma, é mais fácil saber as ações que devem ser tomadas.
           
No caso de um travamento causado por um aplicativo, tente reinstalá-lo. Se for um problema generalizado, o indicado é formatar o aparelho para recuperar as condições originais de fábrica. Se ainda assim o problema não for resolvido e estiver inviabilizando o uso, procure uma assistência técnica. Em último caso, compre um novo smartphone.
           
O superaquecimento é um caso delicado e que pode exigir a troca de celular.  O aumento de temperatura pode ter origem em diversos fatores. Exposição à luz solar intensa e ao calor constante e o uso de recursos pesados para as características do hardware são alguns deles.
Mas fique calmo, não é qualquer aquecimento que pode inutilizar seu dispositivo. A elevação de temperatura é normal, o problema é quando acontece mesmo em tarefas básicas ou quando há, realmente, um superaquecimento.
           
Nesse último caso, é recomendado que você procure uma assistência técnica. Pode ser um sinal de que o celular não suporta mais as atividades que você deseja realizar.
           
Por fim, a impossibilidade de receber atualizações de software. Se você tem um celular muito antigo, provavelmente será privado das versões mais recentes do sistema operacional. Esses updates trazem, além de funcionalidades novas, algumas atualizações de desempenho e segurança. A Apple, por exemplo, ao anunciar o novo iOs11 na conferência de desenvolvedores (WWDC), no início de junho, informou que a nova versão do sistema não será compatível com o iPhone 5 e iPhone 5C. Portanto, se você tem um dispositivo muito antigo, é hora de avaliar a compra de um novo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix