Campo Grande/MS, Sábado, 21 de Outubro de 2017 | 09:07
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 29 de Abril de 2016, 06h:50
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

A experiência de ver o mundo sozinho

Da coluna Viagens

Por Raphael Granucci
Artigo de responsabilidade do autor

Istock Photo

Coluna Viagens

Representação de um viajante.

Desde o lançamento de “Comer, Rezar, Amar” (2010), adaptação de um livro que mostra a descoberta do mundo por uma mulher solteira, a ideia de que é mais fácil ver a si mesmo fora do seu ambiente comum está mais forte no imaginário das pessoas.

Com isso, muitas pessoas estão buscando fazer viagens, sejam elas motivadas por lazer, estudo, trabalho ou até mesmo questões espirituais.

São diversas as razões, e para isso também existem muitos destinos e estilos de viagens que agradam os diferentes perfis de turistas. Independentemente do seu estilo de turista e do que você procura ao sair de seu “lugar comum”, a experiência sempre será única e pessoal. Por isso, é bom estar ciente de alguns aspectos antes de embarcar nesta aventura em direção ao seu eu mais íntimo.

Viajar garante que não apenas sua visão de mundo se expanda, mas permite também que você consiga crescer como indivíduo, sabendo seu lugar no mundo - mesmo que você perceba que esse lugar deva ser mutável.


Planeje sua viagem
Em muitas vezes, as pessoas planejam seus roteiros de maneira a incluir destinos e atrações que fazem parte de seus sonhos. No entanto, se você tem como objetivo se surpreender e conhecer mais de si mesmo, por que não optar pelo desconhecido? Escolher e buscar por lugares não convencionais pode ser uma excelente maneira de entrar em contato com o inesperado e assim aprender mais sobre o mundo e sobre si mesmo.

Abandone preconceitos e tente mergulhar em novas culturas. O contato com o novo sempre é muito bom para colocar em xeque antigas crenças e teorias que normalmente são trazidas até nós e nem sempre sabemos como elas surgiram.

E mesmo que você opte por destinos muito visitados, como Nova York, é sempre possível buscar aquela parte da cidade, ou até mesmo aquela parte de um bairro, que permita o contato com aquilo que é diferente de tudo que você já viveu.

Hoje em dia, com diversas opções de agências de viagem online que oferecem passagens aéreas com valores mais em conta, assim como hospedagem e outros tours com preços promocionais, você sempre pode desafogar o plano das ideias e realizar seu sonho.

Por que viajar sozinho
Independentemente do seu perfil de viajante, viajar sozinho deve ser uma experiência que você deve ter em sua vida. Primeiro, porque ao planejar você leva em consideração apenas aquilo que você realmente gostaria de conhecer, criando um roteiro muito mais completo de acordo com os seus desejos. Assim como também é mais fácil definir o momento certo de viajar, podendo aproveitar melhor promoções e as suas férias dos estudos, trabalho ou qualquer outro tempo livre.

Você também consegue mudar seus planos de acordo com os acontecimentos do caminho. Se você planeja estudar fora fazendo um intercâmbio de curta duração, por exemplo, é normal que conheça um grande número de pessoas e assim se sinta mais livre para aceitar convites e criar novos programas e planos conforme as oportunidades que aparecem.

Além disso, você já se mostra predisposto a fazer parte da programação de outras pessoas, sugerindo novos passeios e estando mais aberto a tudo que acontece ao seu redor. Isto é essencial para crescer como pessoa, interferindo também em sua postura como profissional e nas suas relações interpessoais.

Imprevistos acontecem
Os imprevistos aconteceriam em qualquer lugar ou com qualquer companhia que você estivesse. Mas quando você está sozinho, só existe uma alternativa: lidar com esses imprevistos buscando a melhor forma possível de recompor seus planos de acordo com o que aparece disponível para o momento. Do contrário, você perderá muito tempo se lamentando ou tentando bater em portas que estão definitivamente fechadas.

Portanto, para o bem de sua viagem, você deverá usar sua criatividade e sua coragem para assumir planos B, C, D, ou qualquer outra letra do alfabeto que mostre uma boa solução. Esta é uma excelente maneira de amadurecer e criar resistência contra os problemas que podem atrapalhar seus objetivos.

Diversão também existe
Apesar de ser um grande aprendizado, a diversão também existe na maior parte do tempo. Por você ter a autonomia e o mais alto poder de decisão sobre o que fará com o seu roteiro, você sempre pode optar por aquilo que parece mais divertido e que lhe chame mais atenção.

Seja em um destino no interior no Brasil ou em uma cidade cosmopolita estrangeira, você pode buscar as melhores alternativas que estão ao seu alcance de acordo com os seus gostos.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix