Campo Grande/MS, Sábado, 20 de Outubro de 2018 | 04:39
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 09 de Janeiro de 2018, 14h:15
Tamanho do texto A - A+

Com investimentos de R$ 7,1 mi, Ponta Porã recebe recapeamento das principais avenidas

Serão 157.586,379 m² de recuperação asfáltica, nas avenidas Belmiro de Albuquerque, Brasil e Marechal Floriano

Flávio Brito
Capital News

 

Chico Ribeiro/Governo de MS

Com investimentos de R$ 7,1 mi, Ponta Porã recebe recapeamento das principais ruas e avenidas

...

Ponta Porã vai receber mais R$ 7 milhões do Governo de Mato Grosso do Sul que serão investidos em obras de recapeamento de avenidas e ruas da cidade. O governo do Estado lançou hoje (9) a licitação que irá beneficiar as vias do município. Segundo a concorrência 001/2018 deverão receber recapeamento as avenidas Belmiro de Albuquerque, Brasil e Marechal Floriano e ainda as ruas Antônio João e Guia Lopes, em um total de 157.586,379 m². 

 

De acordo com a Coordenadoria de Licitação da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), a obra está orçada em R$ 7.105.060,01 milhões. A tomada de preços acontece no próximo dia 9 de fevereiro, às 9h, na sede da Agesul, Campo Grande. 

 

Durante a visita à Ponta Porã, em novembro de 2017, o governador Reinaldo Azambuja entregou obras em diversas frentes de trabalho: segurança, saneamento, pontes, habitação, segurança.  “São melhorias em muitas áreas, saneamento, habitação, saúde, infra, estradas para melhorar escoamento da produção, pontes de acesso aos assentamentos, tudo isso feito na maior crise da história do nosso país”, pontuou o governador.

 

Entre as obras já entregues, além de R$ 16 milhões em saneamento, a população foi beneficiada com uma nova ponte sobre  o córrego Estevão, no residencial Che Roga Mi;  com a reforma na Unidade Educacional de Internação (Unei); a ampliação da unidade penal Ricardo Brandão; também foi entregue título definitivo da casa própria aos moradores do Che Roga Mi e anunciada a implantação do sistema de radiocomunicação profissional para reforçar a segurança na região de fronteira.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix