Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 25 de Setembro de 2017 | 18:28
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 15h:08
Tamanho do texto A - A+

Costa Rica tem sessão extraordinária na Câmara para debater projeto de implantação da Internet 4G

No primeiro dia do recesso, Presidente da Câmara dos Vereadores realiza sessão extraordinária para votar projetos em regime de emergência

Flavia Andrade
Capital News

Deurico/Capital News

Foto ilustrativa de celular, 4G, 3G, ligação, telefone, chamada, internet

No primeiro dia do recesso, Presidente da Câmara dos Vereadores realiza sessão extraordinária para votar projetos em regime de emergência

O Presidente da Câmara, vereador Lucas, no exercício da função convocou sessão extraordinária para as 14h desta segunda-feira (17). Na pauta, um dos projetos a serem discutidos é o Projeto de Lei Ordinária nº 1.185/2017, de autoria do Executivo. A sessão vai ser transmitida ao vivo pela rádio Cidade FM 106,5.

A proposta visa regulamentar a instalação de torres e antenas de telefonia celular e internet móvel no município. De acordo com o anexo do projeto, o objetivo é “a ampliação da capacidade tecnológica e a melhoria da cobertura e da qualidade dos serviços prestados”.

Ainda segundo a mensagem, “a aprovação e promulgação do projeto de lei [...] é etapa essencial ao processo que permitirá a instalação do sistema de internet 4G em nosso município, que será transmitido pela empresa Vivo (Grupo Telefônica no Brasil)”.


Após várias cobranças dos vereadores de Costa Rica, a Vivo encaminhou um ofício para a Câmara Municipal no começo do ano, onde informa que até o final de 2017 a cidade passará a contar com a tecnologia de internet móvel 4G. Só que para que o sistema seja implantando no município, é necessário regulamentar a instalação de torres e antenas, por meio de lei.

A internet 4G é a sucessora direta da 3G, que traz avanços significativos principalmente na velocidade de conexão e no carregamento de dados.

Também será discutido na sessão extraordinária desta segunda-feira, o Projeto de Lei n° 1.184/2017, que autoriza o Executivo a doar e escriturar dez imóveis para moradores do município. É a quarta etapa de uma série de processos de regularização fundiária, segundo informou o Executivo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix