Campo Grande/MS, Sábado, 21 de Outubro de 2017 | 23:42
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017, 11h:36
Tamanho do texto A - A+

Dia das crianças: três sugestões práticas e baratas para decoração infantil

Digital Trix
L. H.

As crianças crescem rápido e com o passar do tempo seus gostos e necessidades também mudam. Por isso, quando o assunto é decoração de ambientes infantis é sempre importante tentar apostar em maneiras econômicas para deixar o ambiente agradável. Mas será que é possível reaproveitar os móveis durante todas as fases de crescimento? Dieiny Kipper, sócia-fundadora da Interiores All Online, conta que com pequenas mudanças na iluminação, por exemplo, é possível montar ou renovar o quarto da criançada. "A decoração do quarto infantil pode ser reinventada com poucos investimentos, modificando apenas detalhes", comenta a especialista.

Confira abaixo dicas de como criar um ambiente bonito e agradável para as crianças:
Iluminação
Para quartos infantis são indicadas três tipos de iluminação: a natural, a central e a particular. Lízia Witzel, também sócia-fundadora da Interiores All Online, explica que a iluminação natural do ambiente é necessária, desde que seja acompanhada de alguma cortina ou persiana, para controlar a entrada de luz e de calor no dormitório. "Para completar a iluminação é importante uma luz artificial, em um ponto central. Já para a hora do descanso, indicamos a iluminação indireta, como por exemplo, um abajur, pois além de ser mais aconchegante, traz a sensação de tranquilidade para a criança", sugere.

Cores
O quarto da criança pode servir como um espaço para dormir, descansar, estudar e até brincar. Por isso, é muito importante transformar o ambiente em um espaço lúdico, pois a criança irá realizar vários tipos de atividades diferentes no local. "As cores precisam estar equilibradas entre si, o quarto deve ser colorido para deixar o ambiente alegre, mas sem exageros para não atrapalhar o descanso a noite", alerta Dieiny Kipper. É importante que a base toda do dormitório seja neutra ou com cores suaves. Adesivos e papel de parede são boas opções, já que são fáceis de trocar ao longo do tempo, conforme crescimento da criança.

Mobiliários
Quando pensamos em quartos infantis, devemos levar em conta o espaço para a cama e/ou móveis que podem ir aumentando com o tempo. De acordo Lízia Witzel, é possível investir em mobiliários que serão utilizados até a adolescência e mudar apenas alguns detalhes, como comprar um puxador mais infantil, que pode ser substituído com o passar do tempo. Também é importante pensar na organização: abuse de prateleiras e caixas, são opções práticas que economizam espaço na hora de guardar os brinquedos. Outra dica é usar tapetes, colchonetes ou futons, que trazem sensação de conforto para os pequenos.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Trinix