Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 29 de Maio de 2019, 10h:56
Tamanho do texto A - A+

Diferença nos preços dos medicamento é de 1.385%

Pesquisa foi realizada em 16 farmácias entre os dias 15 a 24 de maio

Elaine Silva
Capital News

Edemir Rodrigues / Governo de MS

Procon realizou mais de 600 fiscalizações no MS

Pesquisa foi realizada entre os dia 15 a 24 de maio

Em uma pesquisa realizada pela Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS) mostrou a diferença dos medicamento registram 1.385% para aquisição de um mesmo produto em estabelecimentos diferentes. “Em se tratando de medicamentos, produtos indispensáveis para a população de maneira geral, a variação de preços justifica que o consumidor se dirija a diferentes farmácias, o que possibilitará economia na compra”, relatou o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão. 

 

Conforme mostra a pesquisa uma cartela com 10 comprimidos de ácido acetil salicílico (AAS) de 100 miligramas. O produto pode ser adquirido por R$ 1,00 na Drogaria Vitória ou por R$ 14,85 na Ultra Popular.

 

Outros produtos, cuja diferença de preços também pode ser considerada elevada são o Dimenidrato (Dramin) 50 miligramas, com 10 comprimidos, que é vendido na Drogaria São Bento por R$ 4,74, enquanto na Drogaria Levi custa R$ 44,68, ou seja, uma diferença de 842,62%, e o Captopril (genérico) 25 miligramas com 30 comprimidos vendido a R$ 3,91 em uma das farmácias Mais Popular e a R$ 34,30 na Drogasil.

 

Entre os estabelecimentos pesquisados pelo Procon/MS, a Farmácia Pague Menos foi a que apresentou maior número de produtos (74) com o menor preço, enquanto o maior número com preço mais alto (68) foi encontrado na Farmácia Preço Popular. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix