Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 15 de Março de 2019, 14h:38
Tamanho do texto A - A+

Exportação de minério cai em 53% no Estado, após desastre envolvendo mineradora Vale

Dados apontam montante do ferro de US$ 26 milhões para US$ 12 milhões

Flavia Andrade
Capital News

Priscilla Peres/Semagro

Criação da Agência Nacional de Mineração vai auxiliar ações em prol do setor em MS

Dados apontam montante do ferro de US$ 26 milhões para US$ 12 milhões

Dados divulgados pela Secretaria Especial da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Ministério da Economia apontam queda em 53,7% nas exportações de minério de ferro em Mato Grosso do Sul no primeiro bimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Corumbá é o principal município exportador e teve no montante comercializado do produto, recuou de US$ 26,064 milhões para US$ 12,071 milhões. Em relação ao volume enviado para o exterior, a queda ficou praticamente no mesmo patamar (-53,4%), passando de 674,5 mil toneladas para 313,9 mil toneladas.

 

Ainda segundo os dados,  a crise enfrentada pela principal empresa mineradora do País após a tragédia de Brumadinho (MG) ainda respingou sobre as vendas externas do minério de manganês, também com 100% das exportações concentradas em Corumbá. A receita em exportações do produto teve queda de 47% no acumulado de janeiro e fevereiro de 2019, quando comparado com o primeiro bimestre de 2018, caindo de US$ 19,794 milhões para US$ 10, 533 milhões. O volume comercializado também baixou expressivamente, de 122,9 mil toneladas para 61,3 mil toneladas. 

 

Ocupando o terceiro lugar entre os municípios sul-mato-grossenses no resultado das exportações neste ano, com US$ 28,353 milhões movimentados (ou 7,7% de participação no total exportado por Mato Grosso do Sul), Corumbá apresentou redução de 44% em sua receita total de vendas externas no período em comparação com 2018. Entre janeiro e fevereiro do ano passado, o município pantaneiro contabilizou US$ 50,576 milhões em exportações. De acordo com os números divulgados pela Secretaria Especial da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, 42,5% da receita de exportações corumbaenses provém do minério de ferro e 37,1% do manganês.

 

No ano passado, as exportações de Corumbá somaram US$ 275,919 milhões e, deste total, US$ 144,408 milhões (52,3%) foram do minério de ferro e US$ 92,106 milhões (33,3%) do manganês.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix