Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 19 de Julho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019, 11h:57
Tamanho do texto A - A+

Governador participa da comemoração aos 70 anos do Hospital Adventista do Pênfigo

O Hospital Adventista tornou-se referência no tratamento da doença conhecida como Fogo Selvagem em 1949.

Flavia Andrade
Capital News

Saul Schramm / Portal do MS

Governador participa da comemoração aos 70 anos do Hospital Adventista do Pênfigo

O Hospital Adventista tornou-se referência no tratamento da doença conhecida como Fogo Selvagem em 1949.

Neste domingo (26), o governador Reinaldo Azambuja participou das comemorações aos 70 anos do Hospital Adventista do Pênfigo, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo.

 

Azambuja e o secretário-adjunto de Governo, Flávio César, foram homenageados durante o evento. O governador destacou o comprometimento humanitário descrito nas histórias comoventes dos pioneiros da entidade e relatadas ao público em depoimento de familiares dos fundadores do HAP. Segundo Azambuja, “São pessoas extraordinárias motivadas por um sentimento de amor ao próximo e que andaram por esses rincões à procura da cura para uma doença até então desconhecida e sem um tratamento eficaz”, pontua.

 

A doença conhecida a partir de meados da década de 1930 como Fogo Selvagem, uma moléstia autoimune e relativamente rara, caracterizada pela formação de bolhas na pele.

 

O Hospital Adventista tornou-se referência mundial no tratamento das vítimas acometidas pela doença em 1949, conquistando prestígio e reconhecimento internacional como um centro de pesquisa para problemas na pele.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix