Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 20 de Abril de 2019, 08h:56
Tamanho do texto A - A+

Governo do Estado quer ampliar Campanha do Agasalho 2019

Doações para a campanha crescem em média 36% ao ano

Leonardo Barbosa
Capital News

Chico Ribeiro/Reprodução

Lançada 4ª edição da Campanha do Agasalho

Doações da Campanha do Agasalho dos Servidores Estaduais de Mato Grosso do Sul cresceram 147% entre 2015 e 2018 – média de 36% ao ano, revelou o governador Reinaldo Azambuja. O número de peças entregues para a caridade subiu de 11.518 para 28.460, beneficiando moradores das 79 cidades do Estado.

 

Nesta terça-feira (16), o gestor lançou na governadoria a edição de 2019 da campanha, que tem como madrinha a primeira-dama do Estado, Fátima Azambuja. Mesmo não fixando meta de arrecadação, o governador destacou que a intenção é ultrapassar a quantidade obtida no ano anterior.

 

“Quanto mais doações forem feitas, mais pessoas serão atendidas. Em quatro anos conseguimos dobrar o número de entidades contempladas. No primeiro ano foram 24. No ano passado, 47. Tenho certeza que podemos aumentar esse número”, discursou Reinaldo Azambuja, pedindo a participação dos deputados estaduais.

 

Da mesma maneira, a primeira-dama Fátima Azambuja reiterou a importância da atuação dos gestores das secretarias estaduais. “Peço o empenho de todos os secretários para aumentarmos a arrecadação”, afirmou. Ela ainda destacou que os servidores sempre foram atuantes na campanha. “Gesto carinhoso e solidário”.

 

Ao longo de quatro anos, a Campanha do Agasalho dos Servidores Estaduais angariou mais de 92 mil peças de casacos, calças, cobertores, meias e luvas, além de outras tipos de roupas. Instituições cadastradas na Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) recebem o material.

 

 

“Para nós é fácil sair e comprar mais um casaco. Mas para muitas pessoas não é. Por isso a Campanha do Agasalho dos Servidores Estaduais importa”, explicou a secretária da Sedhast, Elisa Cleia Pinheiro Nobre. Segundo ela, as doações podem ser entregues em qualquer instituição do Governo pelos próximos 30 dias.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix