Campo Grande/MS, Terça-Feira, 20 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 17 de Julho de 2019, 13h:08
Tamanho do texto A - A+

Justiça absolve Bernal de denúncia por improbidade administrativa

Publicação pode ser conferida no Diário Oficial da Justiça; Porém, continua inelegível

Flavia Andrade
Capital News

Deurico/Arquivo Capital News

Alcides Bernal

Publicação pode ser conferida no Diário Oficial da Justiça; Porém, continua inelegível

A Justiça absolveu o ex-prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) da denúncia por improbidade administrativa utilizando mídias sociais e o site da Prefeitura da Capital para fazer campanha em 2016. Porém, mesmo com a decisão, Bernal continua inelegível por seis anos e o Ministério Público Estadual (MPE-MS) poderá recorrer da decisão.

 

A publicação da sentença, assinada pelo juiz da 2º Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos David de Oliveira Gomes Filhos pode ser conferida no Diário Oficial da Justiça, publicada desta terça-feira (16).

 

Bernal continua inelegível, uma vez que, ele teve os direitos políticos cassados em 2018 e não pode assumir a Câmara dos Deputados, mesmo depois de alcançar mais de 40 mil votos para deputado federal.

 

Caso Bernal assumisse, ele pegaria o lugar da deputada federal Bia Cavassa (PSDB) que teve 17.834 votos.

 

De acordo com o texto da sentença, o juiz alegou que todos os candidatos à reeleição fazem a mesma coisa que Bernal fez, utilizar desses meios para fazer a comunicação durante campanha.

 

Alcides Bernal é presidente regional do Partido Progressista e ainda responde em outras duas ações na Justiça, sendo uma, a suposta compra de apartamento de, aproximadamente, R$ 2 milhões e do convênios com a Organização Mundial para a Educação Pré-Escolar (Omep) e Sociedade Caritativa e Humanitária (Seleta).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix