Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 12 de Março de 2018, 17h:06
Tamanho do texto A - A+

Mais 291 agentes de saúde aprovados em concurso serão convocados

Atualmente, a Prefeitura de Campo Grande tem 1.387 agentes comunitários de saúde e 217 agentes de combate a endemia

Flávio Brito
Capital News

Divulgação/Assessoria

Tereza Cristina afirma que bancada ruralista vai trabalhar para derrubar vetos do Funrural

Com a nova convocação, de 138, a atual gestão chamará todos os aprovados no concurso: 192

A Prefeitura de Campo Grande convocará ainda neste mês mais 291 aprovados em concurso público, conforme nota divulgada pela assessoria de imprensa. De acordo com a prefeitura, serão chamados todos os aprovados no concurso para agentes de combate às endemias, no total de 138, e 153 agentes comunitários de saúde.

 

O concurso para agente de combate a endemias oferecia 100 vagas e 192, dos 4.024 inscritos, foram aprovados.  Destes, apenas 54 haviam sido convocados. Com a nova convocação, de 138, a atual gestão chamará todos os aprovados no concurso: 192.

 

Já o concurso para Agente Comunitário de Saúde ofereceu 210 vagas e teve 7.439 inscritos. Entre os inscritos, 965 foram aprovados e 55 haviam sido convocados. Com a nova convocação, de 153, a Prefeitura terá convocado 208 agentes comunitários aprovados em concurso.

 

“Estamos cumprindo mais um compromisso do nosso plano de governo, valorizando os servidores efetivos. Além disso, contribuindo para outra meta nossa, de redução dos casos de doenças provocados pelo Aedes aegypti”, declarou o prefeito. 

 

O secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto, explica que a convocação não vai onerar a folha de pagamento da Prefeitura, visto que 95% da remuneração dos agentes é paga pelo Sistema Único de Saúde

 

Atualmente, a Prefeitura de Campo Grande tem 1.387 agentes comunitários de saúde e 217 agentes de combate a endemias, que têm trabalhado bastante para a redução de casos de doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti. Segundos dados do boletim epidemiológico, os casos de dengue tiveram redução de 95% se comparado o ano de 20.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix