Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Novembro de 2017 | 11:09
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 14 de Novembro de 2017, 13h:33
Tamanho do texto A - A+

Mesmo após incêndio, Funtrab realizará um mutirão para atender ao público no feriado

A ação servirá, inclusive, para minimizar os efeitos da paralisação causada pelo acidente, segundo o Governo de MS

Luan Saraiva
Especial para o Capital News

Assessoria/Governo

Mesmo após incêndio, Funtrab realizará um mutirão para atender ao público no feriado

Mesmo com os serviços prestados ao público suspensos por tempo indeterminado por conta do incêndio da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab-MS), na sede localizada em Campo Grande, haverá mutirão de atendimento nesta quarta-feira (15), mesmo sendo feriado nacional.

 

Conforme programado, será realizado um ‘Dia do Trabalho, Emprego e Renda’. Inicialmente os trabalhos, na Capital, seriam realizados nas instalações da Funtrab. Entretanto, devido ao sinistro, o atendimento se dará no mesmo endereço que fica na rua 13 de Maio, 2773 Centro, em frente à Casa do Trabalhador.

Na data, serão oferecidos todos os serviços realizados pela Fundação. A ação servirá, inclusive, para minimizar os efeitos da paralisação causada pelo acidente. O trabalhador poderá se dirigir à Funtrab nesta quarta-feira (15), das 7h30 às 13h30.

Sobre o Incêndio

Assessoria/Governo

Mesmo após incêndio, Funtrab realizará um mutirão para atender ao público no feriado

As instalações atingidas permanecem ainda sem prazo de retorno

As instalações atingidas, justamente no local de atendimento ao trabalhador, permanecem ainda sem prazo de retorno. Conforme publicação no site Portal MS, todas as providências já estão em andamento no sentido de agilizar a recuperação dos danos e, assim, recuperar as condições de trabalho.

De acordo com o diretor-presidente da Funtrab, Wilton Acosta, as ações de recuperação e as medidas já estão sendo tomadas."Precisamos voltar os serviços o mais rápido possível, uma vez que, em média, são atendidos na Fundação cerca de 600 trabalhadores por dia”, lembra Wilton.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix