Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2018 | 15:15
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, 18h:14
Tamanho do texto A - A+

Novo corregedor-geral de Justiça é empossado

Desembargador Carlos Eduardo Contar foi eleito por aclamação

Esthéfanie Vila Maior
Capital News

TJMS

Novo corregedor-geral de Justiça é empossado

Cerimônia de posse aconteceu nesta quinta-feira (12)

O desembargador Carlos Eduardo Contar foi empossado corregedor-geral de Justiça, após ser eleito por aclamação, nesta quinta-feira (12). O novo corregedor deve terminar o biênio 2017/2018, devido à morte do desembargador Romero Osme Dias Lopes, no dia 3 de julho.

 

A posse foi realizada pelo desembargador e presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul Divoncir Schreiner Maran, que reconheceu as circunstâncias tristes e lamentáveis, mas desejou ao novo integrante uma ótima gestão. “A Corregedoria-Geral de Justiça é rigorosa na administração e no funcionamento do Poder Judiciário como um todo, orientando, capacitando e punindo quando necessário. De minha parte desejo muito sucesso e estarei sempre à disposição”, afirmou.

 

O novo Corregedor-Geral de Justiça lembrou que seu tempo de gestão é curto, mas terá o apoio da presidência e confessou que não se intimidará em solicitar essa colaboração. “O presidente já havia conversado comigo a respeito dessa união entre os órgãos, já que a Corregedoria não é um órgão a parte: é um conjunto, um elemento e não funciona independentemente. Somos parceiros e espero ter essa via de mão dupla não só com a presidência, mas com todo o Tribunal”.

 

Contar ingressou na magistratura como desembargador em agosto de 2007. Ele é mestre em ciências jurídicas pela Universidade de Coimbra, em Portugal. Preside a 2ª Seção Criminal, é membro vitalício do Órgão especial e atua no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS).

 

Em junho de 2018, conquistou o primeiro ISO 9001 dos órgãos públicos de Mato Grosso do Sul, a mais importante certificação de Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ). Finalizou os anos de 2016 e 2017 com a menor carga de processos existentes, destacando-se em  1º lugar no Tribunal de Justiça de MS.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix