Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017 | 04:33
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, 07h:33
Tamanho do texto A - A+

Penúltima parcela do IPVA vence na semana que vem

Quem perdeu a data para pagamento das três primeiras parcelas também pode aproveitar para regularizar o débito

Liniker Ribeiro
Capital News

Quarta parcela do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) vence nesta sexta-feira (31) em Mato Grosso do Sul. Motoristas e condutores devem ficar atentos para não perderem o prazo e poder quitar a parcela sem juros. Quem perdeu a data para pagamento das três primeiras parcelas também pode aproveitar para regularizar o débito.

Por meio do site da Secretária de Fazenda (Sefaz) ou das agências fazendárias nos municípios, o contribuinte pode ter acesso ao processo exigido para regularização. O proprietário paga uma multa referente ao atraso e na sequencia faz os demais pagamentos no prazo regular. Para a consulta é preciso ter em mãos o documento do veículo.

De acordo com assessoria de comunicação do Governo do Estado, a frota atual do estado conta com 961.368 veículos, e a expectativa de arrecadação para este ano é de R$ 560 milhões. O secretário de fazenda, Márcio Monteiro, explica que a destinação do dinheiro pago pelos contribuintes não se restringe apenas para manutenção de ruas e estradas.

“O recolhimento do IPVA é anual e o valor arrecadado é dividido entre Estado e municípios onde os veículos são licenciados, e o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). A arrecadação é distribuída 50% para o Estado e 50% ao município onde o veículo é licenciado. O dinheiro vai para uma conta única e atende às necessidades da população em saúde, educação, infraestrutura e outros, de acordo com o estabelecido no orçamento anual, no plano plurianual e nas diretrizes orçamentárias”, destaca Monteiro.

Quinta e última parcela do imposto vence no dia 31 de maio.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix