Campo Grande/MS, Domingo, 25 de Junho de 2017 | 23:35
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 12 de Janeiro de 2017, 07h:41
Tamanho do texto A - A+

Professores cobram do Governo do Estado reajuste do Piso Nacional

Entidade protocolou documento na governadoria nesta manhã

Natália Moraes
Capital News

Divulgação/Fetems

Professores cobram do Governo do Estado reajuste do Piso Nacional

Professores cobram o reajuste de 2017 de 7,64% do Piso Salarial Nacional dos professores da Rede Estadual de Ensino

Representantes da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) encontraram nesta quinta (11) a governadora em exercício Rose Modesto, para pedir o cumprimento do reajuste do piso nacional.


Eles cobram o reajuste de 2017 de 7,64% do Piso Salarial Nacional dos professores da Rede Estadual de Ensino, já que conforme a assessoria da Fetems, a data base da categoria é em janeiro e o percentual está garantido conforme legislação nacional.


Com o reajuste, o piso para início de carreira para professor com Ensino Médio, por 40h, irá de R$ 3338,36 para R$ 3.593,41 e para o professor com curso superior, também por 40h, irá de R$ 5.007,54 para R$ 5.390,11.


De acordo com o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli cesar, foi protocolado um ofício com as legislações e cobrando o reajuste imediato para a categoria. “A vice-governadora fez o compromisso de sentar com o governador, assim que o mesmo retornar e também de agilizar as questões com a equipe econômica do Governo. Ela está ciente de que é Lei e que a mesma deve ser cumprida”, disse.


A Fetems também informou que irá cobrar a garantia da integralização do piso por 20h para os professores estaduais. (com assessoria)

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix