Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 15 de Outubro de 2018 | 15:35
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 27 de Outubro de 2017, 14h:57
Tamanho do texto A - A+

Provas do Concurso de Servidores do TJMS serão neste domingo

O certame visa formar cadastro de reserva para futuro e eventual provimento na estrutura funcional do Judiciário de MS

Assessoria/TJMS
Capital News

Divulgação/TJMS

Fachada Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul

As provas do 8º Concurso Público de Provas para a Estrutura Funcional do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul serão realizadas neste domingo (29). O ensalamento individual está disponível no Ambiente do Candidato em “Mensagens e comunicados oficiais” e o ensalamento geral pode ser acessado no link.

Para o cargo de Analista Judiciário – área fim (Bacharel em Direito), a prova será realizada no dia 29 de outubro, das 14h30 às 18h30. As portas de acesso aos prédios onde serão realizadas as provas serão abertas às 13h30 e fechadas às 14h10. As provas para o cargo de Analista Judiciário – área fim serão aplicadas nas universidades Uniderp e UCDB, situadas na  Rua Ceará, nº 333, e na Avenida Tamandaré, nº 6.000, respectivamente.
 
Para os cargos de Analista Judiciário/área meio (Curso Superior Completo) e Técnico de Nível Superior, a prova será realizada no dia 29 de outubro, das 8 às 11 horas. As portas de acesso aos prédios onde serão realizadas as provas serão abertas às 7 horas e fechadas às 7h40.

As provas para o cargo de Analista Judiciário/área meio (Curso Superior Completo) serão aplicadas na Uniderp e para o cargo de Técnico de Nível Superior nas universidades Uniderp e UCDB.

Orientações aos candidatos
Para realização da prova, o candidato deverá comparecer munido de caneta esferográfica transparente de tinta preta ou azul e de documento oficial de identificação pessoal. São considerados documentos de identificação, para efeitos de aplicação dos procedimentos do  Concurso, os seguintes documentos oficiais – apresentados no original e com foto: Carteira de Identidade expedida pela Secretaria de Segurança Pública ou de Justiça; e pelas Forças Armadas ou Polícia Militar; Carteiras expedidas por Ordens ou Conselhos Profissionais, regulamentados na forma da lei; Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS; Carteira Nacional de Habilitação – CNH; e Passaporte. Os documentos com prazo de validade vencido - nos termos das disposições legais vigentes - não serão aceitos como comprovante de identificação para acesso à sala de provas.

Não serão aceitos como documentos de identificação para ingresso na sala de prova: cartão de CPF; certidão de nascimento ou casamento; título eleitoral; carteira de estudante; carteira funcional sem valor de identidade; documentos ilegíveis, não identificáveis e/ou danificados, cópias simples ou autenticadas.

O gabarito oficial provisório será divulgado no site www.pucpr.br/concursos, link Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, 24 horas após a realização da prova.

Confira outras orientações aos candidatos para o dia da prova:

- Os candidatos que chegarem após o horário de fechamento das portas de acesso aos prédios terão suas entradas vedadas e serão automaticamente eliminados do Concurso Público.
- Não será permitido o ingresso de pessoa estranha no local de aplicação das provas, exceto o acompanhante de candidatas em período de amamentação.
- É de exclusiva responsabilidade do candidato a verificação antecipada do local de realização da prova, da disponibilidade de estacionamento/vagas nas imediações, das opções de transporte público, consultando antes horários e frequência das linhas de ônibus, bem como das rotas e tempo de deslocamento.
- A Comissão não se responsabiliza por fatos externos que impeçam o candidato de chegar ao local de aplicação das provas no horário apropriado e que independem da organização do Concurso, uma vez que não possui gerência sobre trânsito, tráfego ou outras situações que escapam de seu âmbito de atuação.
- Durante a realização das provas não será permitida nenhuma espécie de consulta, nem uso de máquina calculadora, relógios (de qualquer natureza), telefone celular, aparelhos eletrônicos e outros equipamentos/materiais de porte proibido por edital.
- Equipamentos devem ser desligados, ter sua bateria retirada e, antes do ingresso em sala de aula, devem ser acondicionados em embalagem específica fornecida para tal fim pelo fiscal de sala. A embalagem deve permanecer lacrada e fora do alcance do candidato até a saída do local (prédio) de realização da prova.
- No caso dos telefones celulares em que não é possível a retirada da bateria, os equipamentos deverão ser desligados sendo acomodados em local a ser indicado pelos fiscais de sala. Caso tais aparelhos emitam qualquer som, o candidato será eliminado do Concurso Público.
- O candidato que, durante a realização da prova, for encontrado portando qualquer um dos objetos proibidos em edital, incluindo os aparelhos eletrônicos, mesmo que desligados ou sem a fonte de energia, será automaticamente eliminado do Concurso Público.
- A embalagem deve ser solicitada ao fiscal de sala.

Saiba mais
O certame visa formar cadastro de reserva para futuro e eventual provimento na estrutura funcional do  Judiciário de MS, no curso do prazo de validade do Concurso, à medida do interesse e conveniência da Administração. O cadastro de reserva será formado para os cargos de Analista Judiciário – Bacharel em Direito, Analista Judiciário – Curso Superior Completo, e Técnico de Nível Superior, nas seguintes especialidades: Engenheiro Civil, Contabilidade, Jornalista, Serviço Social, Analista de Governança, Biblioteconomia, Psicologia, Analista de Suporte de TI, Odontologia, Analista de Sistemas, Analista de Infraestrutura de Rede, Arquiteto, Analista de Banco de Dados, Engenheiro Eletricista, Analista de Segurança de TI, Web Designer, Estatística e Psiquiatria.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix