Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 11 de Junho de 2019, 19h:15
Tamanho do texto A - A+

Rua 14 de Julho volta a receber monumento histórico

Relógio marcou a cultura e a história, ao ser instalado no coração da cidade.

Flavia Andrade
Capital News

Denilson Secreta

Rua 14 de Julho recebe monumento de extrema importância para a Capital

Relógio marcou a cultura e a história, ao ser instalado no coração da cidade.

Nesta segunda-feira (10), a Rua 14 de Julho recebeu o monumento em alusão  ao relógio que marcou a cultural e a história econômica e social de Campo Grande. O mesmo foi instalado no local onde o original ficou por muitos anos, considerado coração de Campo Grande, no cruzamento da Rua 14 de Julho e Afonso Pena. Isso foi possível porque durante as escavações das obras de requalificação da Rua 14 de Julho, operários encontraram a base original do relógio, um marco do desenvolvimento da capital de Mato Grosso do Sul.

 

De acordo com a análise do historiador Eronildo Barbosa, o antigo relógio da Rua 14 de Julho foi instalado no ano de 1933, e se transformou em um símbolo do progresso e do processo de urbanização que Campo Grande vivenciava. “Ele foi testemunho por quase três décadas de muitos carnavais, comícios políticos, footings, shows e namoros. A vida cultural da Cidade Morena circulava em torno do relógio. Era um ponto de encontro importante e sagrado. Tanto que, em outro formato, está voltando para o lugar que não deveria ter saído”, pontua.

 

O monumento havia sido demolido em 1970, sendo reinaugurado em junho do ano 2000, com uma cópia em alvenaria, a qual esteve localizada entre a Avenida Afonso Pena e a Calógeras. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix