Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 04 de Dezembro de 2018, 15h:12
Tamanho do texto A - A+

Salário mínimo deve aumentar R$ 52 reais para o ano de 2019

Procuradores terão reajuste de R$ 1,7 mil em MS

Flavia Andrade
Capital News

- Marcello Casal Jr/Arquivo/Agência Brasil

Governo anuncia previsão de R$ 1.006 para o salário mínimo para 2019

Previsão de aumento do salário mínimo é de R$ 52 reais, totalizando R$ 1.006,00 .

Após a publicação no Diário Oficial do órgão nesta terça-feira (04), e assinada pelo procurador-geral de Justiça Paulo Cézar dos Passos, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MP-MS), aplicou o aumento na remuneração dos membros a partir do dia 1 de dezembro, sendo que o salário vigente de um procurador da Justiça do Estado passa de R$ 33.700,00 para R$ 35.462,22, o equivalente a um aumento de R$ 1,7 mil.

 

O reajuste foi determinado após a confirmação do presidente Michel Temer (MDB) a remuneração dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) para R$ 39.293,32, previsto apenas para 2019. 

 

Com relação ao salário mínimo, que hoje é de R$ 954 e teve um reajuste de R$ 17 no início do ano, a previsão de aumento é de R$ 52. Caso seja confirmado, o novo salário mínimo será de R$ 1.006,00 a partir de 2019.

 

5 COMENTÁRIOS:

Dá é vergonha de um salário desses
enviado por: Rafael em 05/12/2018 às 22:44:24
0
 
0
responder
grande aumento, não vai influenciar nada no salario. AUMENTO DE 52,00 o que adianta esse aumento de miséria se contas de água,luz e INSS e fora outras despesas.
enviado por: fabiana em 05/12/2018 às 10:44:07
0
 
0
responder
52 reais e piada salário mínimo devia ser no minimo 3 mil com salário mínimo de 1 mil reais vc n compra nem um celular da atualidade governo podre
enviado por: Juca em 04/12/2018 às 23:39:29
0
 
0
responder
Dinheiro de pinga
enviado por: Gatinhu em 04/12/2018 às 23:11:17
0
 
0
responder
Sem comentários :(
enviado por: Célia Falcão em 04/12/2018 às 19:21:58
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix