Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017 | 04:18
27˚
(67) 3042-4141
Trânsito
Terça-Feira, 11 de Julho de 2017, 11h:57
Tamanho do texto A - A+

Transporte clandestino de passageiros acaba com motorista boliviano preso

O motorista chegou a subornar o agente de trânsito para que ele fosse liberado

Cristiano Arruda
Capital News

Transporte clandestino de passageiros acaba com motorista boliviano preso

Divulgação/Agetrat

Motorista tentou subornar agente de trânsito e acabou preso

A Agência Municipal de Trânsito de Corumbá (Agetrat), em operação de rotina com a o intuito de coibir a transporte clandestino, identificou duas situações na Rodoviária Intermunicipal de Corumbá, após abordarem dois veículos bolivianos. 

 

De acordo com o site Diário Corumbaense, os dois veículos transportavam passageiros brasileiros, um deles chegou a informar aos agentes que teria pago R$ 70,00 pela “corrida” da fronteira boliviana até a rodoviária em Corumbá. Já no outro caso o mesmo trajeto foi de R$ 30,00. Um dos motoristas chegou a tentar subornar o agente de trânsito, para que ele fosse liberado. O motorista foi encaminhado para a delegacia de polícia civil de Corumbá.

 

O supervisor da agência de trânsito, Miguel Soares, informou que os veículos foram apreendidos e levados ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e pela lei municipal, esse é o procedimento a ser adotado após a comprovação do transporte clandestino.

 

O diretor executivo da Agetrat, Paulo Guilherme de Arruda, explicou que as ações de fiscalização são rotineiras, mas estão sendo intensificadas no período de férias escolares, “Essas ações fazem parte da rotina da Agetrat e estão sendo intensificadas agora, durante o período de férias escolares. Nossa intenção é combater os clandestinos, não só os taxistas, como também os mototaxistas. Também buscamos conscientizar a população, para que dessa forma, possamos melhorar o fluxo nas ruas do município”, afirmou o diretor à assessoria de comunicação da Prefeitura.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix