Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cultura e Entretenimento
Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019, 18h:27
Tamanho do texto A - A+

Consumidores da capital diminuem intenção de consumo

Desemprego e fatores econômicos são apontados como principal causa da redução dos 2,2 pontos da ICF

Paula Navarro
Capital News

Pesquisa/CNC

ICF-Maio2019

Intenção de consumo reduziu 2,2 pontos, aponta pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) campo-grandenses teve redução de 2,2 pontos no mês de maio, em comparação a abril. A diminuição do interesse de consumo acompanha o cenário brasileiro, e os principais motivos são de insatisfação profissional e preocupação econômica. Conforme apontado pela pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Campo Grande registrou 100,7 pontos no mês de maio; em março e abril deste ano, a cotação foi de 102,9.

 

Para o presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio de Mato Grosso do Sul (IPF-MS), Edison Araújo, “as preocupações e incertezas com o futuro econômico e político deixaram o consumidor mais cauteloso”. A economista do IPF-MS, Daniela Dias explica que houve uma interrupção no processo de recuperação econômica que havia sido intensificado no início deste ano. “Embora a ICF esteja na chamada ‘zona positiva’ - acima dos 100 pontos - o indicador de compras a prazo segue em queda, o que demonstra essa insegurança em assumir compromissos bem como dificuldade de acesso ao crédito”, avalia a economista.

 

Retração

 

De acordo com a pesquisa do ICF, na variação mensal, os indicadores que apresentaram retração foram a avaliação do emprego atual (-2,5%), a perspectiva profissional (-0,6%), o indicador de compras a prazo/acesso ao crédito avaliação do momento para a compra de duráveis, perspectiva de consumo (-0,3%) e o nível atual de consumo (-1,8%). Somente o indicador de renda atual obteve uma leve reação (0,9%).

 

Confira a pesquisa na íntegra

 

Boletim IFC-MS - Maio 2019

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix