Campo Grande/MS, Domingo, 23 de Julho de 2017 | 10:47
27˚
(67) 3042-4141
Cultura e Entretenimento
Quarta-Feira, 08 de Março de 2017, 07h:19
Tamanho do texto A - A+

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, MIS realiza mostra de cinema

A ideia é homenagear as mulheres mostrando diversas facetas das atividades como coadjuvantes na construção da história

Myllena de Luca
Capital News

Para comemorar mais um Dia Internacional da Mulher, na quarta-feira (8), o Museu da Imagem e do Som realiza a Mostra Mulheres em Foco. Serão exibidos os filmes “As Sufragistas” na quarta-feira (8), “Hija de la Laguna” na quinta-feira (9) e “Que horas ela volta?” na sexta-feira (10), às 19h.

A ideia é homenagear as mulheres mostrando diversas facetas das atividades como coadjuvantes na construção da história. A programação ensina sobre a história e fala do empoderamento das mulheres. Haverá debate sobre voto feminino, participação, empoderamento e avanço social. A Mostra Mulheres em Foco é aberta ao público com entrada gratuita.

As Sufragistas

Divulgação

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, MIS realiza mostra de cinema

O filme mostra a luta das mulheres para conquistar o direito de voto no Reino Unido

O filme mostra a luta das mulheres para conquistar o direito de voto no Reino Unido. Um grupo militante decide coordenar atos de insubordinação, quebrando vidraças e explodindo caixas de correio, para chamar a atenção dos políticos locais à causa. Maud Watts (Carey Mulligan), sem formação política, descobre o movimento e passa a cooperar com as novas feministas.

Ela enfrenta grande pressão da polícia e dos familiares para voltar ao lar e se sujeitar à opressão masculina, mas decide que o combate pela igualdade de direitos merece alguns sacrifícios. A classificação indicativa é de 14 anos. Com direção de Sarah Gayron, o filme tem no elenco Carey Muligan, Helena Bonham Carter e Meryl Streep.  É um drama histórico filmado no Reino Unido e lançado em dezembro de 2015.



Hija de la Laguna

Divulgação

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, MIS realiza mostra de cinema

O filme conta a história de Nélida, uma mulher nos Andes que fala com os espíritos da água

O filme conta a história de Nélida, uma mulher nos Andes que fala com os espíritos da água. Ela emprega suas faculdades para enfrentar uma mineradora que ameaça destruir a lagoa que ela considera sua mãe. Justo debaixo das lagoas de Nélida há um rico depósito de ouro. Os campesinos temem ficar sem água com a maior mineradora de ouro da América do Sul. O documentário tem direção de Ernesto Cabellos Damián foi rodado no Peru lançado em abril de 2015.

Que horas ela volta?

Divulgação

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, MIS realiza mostra de cinema

O elenco tem Regina Casé como a pernambucana Val, que se mudou para São Paulo a fim de ter melhores condições

O elenco tem Regina Casé como a pernambucana Val, que se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix