Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 17 de Outubro de 2018 | 23:29
27˚
(67) 3042-4141
Cultura e Entretenimento
Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018, 09h:14
Tamanho do texto A - A+

UFMS realiza a 4º edição do Festival Mais Cultura

Noite de abertura será composto por orquestra com instrumentos de madeira, música e poesia

Flávio Veras
Capital News

UFMS/Arquivo

UFMS realiza a 4º edição do Festival Mais Cultura

Atividades serão realizadas de 24 a 30 de setembro

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) realiza na próxima segunda-feira (24) a abertura oficial do Festival Mais Cultura, no Teatro Glauce Rocha, às 19h30. O evento conta com 300 atrações que variam de exposições a oficinas.

 

Segundo a Assessoria de Comunicação da Ufms, a entrada é aberta ao público, mediante a doação de um quilo de alimento não perecível. O evento começa com a apresentação “70's: Poemas e músicas dos anos 70”, dirigido por Fernandes Ferreira de Souza. 

 

Após a solenidade de abertura, será a apresentação da Camerata Madeiras Dedilhadas, projeto inovador que mescla violão e instrumentos de sopro tradicionalmente feitos de madeira, como clarinete e flauta, na construção de uma orquestra rica em timbres. A regência fica por conta do pró-reitor de Extensão, Cultura e Esportes da UFMS, Marcelo Fernandes Pereira.

 

A solista da noite é a soprano Luciana Fisher, egressa da UFMS que possui vasta experiência com artes e música, participando de corais, recitais e orquestras. Para complementar a noite, Geraldo Vicente Martins, coordenador do curso de Letras, irá declamar poesias.

 

Festival Mais Cultura

Em sua quarta edição, o Festival Mais Cultura reúne diversas intervenções artísticas pela UFMS. As atividades serão realizadas de 24 a 30 de setembro e toda a comunidade está convidada para participar.

 

Entre as intervenções destacam-se as apresentações no Teatro Glauce Rocha, como o Concerto da Banda da Marinha do Brasil, o show do Clube do Litoral Central, o Coral de Trombones, o Coro de Câmara da Universidade Federal de Goiás (UFG) e o Espetáculo Internacional de Chamamé.

 

 

As oficinas abordam temas variados, como dança, malabarismo, escrita criativa, cinema, música e histórias em quadrinhos. A programação também conta com exposições de gravuras e fotografias, observação do céu com telescópio, exibição de filmes e curtas metragens, e diversas performances como orquestras, balé, coral, danças urbanas e jazz.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix