Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 26 de Maio de 2017 | 12:56
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Segunda-Feira, 09 de Janeiro de 2017, 17h:53
Tamanho do texto A - A+

Alta dos Juros em todas as linhas de crédito para pessoa física no acumulado de 2016

Segundo a Anefac, os juros médios passaram de 139,78% para 156,33% ao ano, comparados ao mesmo período do ano passado

Flavia Andrade
Capital News

A Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) divulgou queda na taxa média de juros cobradas pelas instituições em operações de crédito entre os meses de novembro e dezembro, com alta no acumulado com relação ao mesmo período do ano passado, em todas as modalidades de crédito.

A taxa média ficou bem acima da registrada em dezembro de 2015, de 7,56% (139,78% ao ano). De acordo com a Anefac, a taxa de juros média geral para pessoa física recuou de 8,2% ao mês (157,47% ao ano) em novembro de 2016 para 8,16% ao mês (156,33% ao ano) em dezembro de 2016 - a menor taxa de juros desde agosto de 2016. 

O cartão de crédito encerrou 2016 com juros maiores do que há um ano, quando a taxa estava em 399,84% ao ano. O juro médio caiu de 459,53% ao ano em novembro, para 453,74% ao ano em dezembro – a menor desde outubro do ano passado.

Das seis linhas pesquisadas, apenas a do cheque especial subiu em dezembro,com o aumento, a taxa passou para 314,51% ao ano em dezembro, de 313,63% em novembro. Trata-se da maior taxa desde março de 1999. Em dezembro de 2015, o juro médio estava em 240,88% ao ano.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix